play

OUÇA A RÁDIO ROQUETTE PINTO

94 FM

Rio Surf Festival 2024 chega ao fim após 12 dias de competições na Praia Macumba

Rio Surf Festival 2024 chega ao fim após 12 dias de competições na Praia Macumba
Rio Surf Festival 2024 define campeões após 12 dias de disputa na Praia Macumba

Segunda etapa do evento coroou campeões das categorias Longboard, Progressivo, SUP Surf e SUP

O sábado marcou o último dia de disputas do Rio Surf Festival 2024, na Praia da Macumba. Após 12 dias de competição, o público carioca teve a oportunidade de ver os melhores atletas do país nas categorias Master, Longboard, SUP Surf e SUP Race em ação no evento que teve o patrocínio da Secretaria de Esporte e Lazer, do Governo do Rio.

A categoria SUP Race abriu o último dia de competição.  A primeira disputa do dia foi na categoria Feminino, com 11 atletas no mar. Líder do ranking, Lena Ribeiro (RJ) fez uma prova de paciência e de superação para vencer Jéssica Moah (SP), vice-líder do circuito. Ambas estão classificadas para o Mundial da ISA na Dinamarca, em setembro.

Na sequência foi a vez da SUP Race Masculino disputar o mesmo, com a presença de 18 atletas. A chegada de um forte vento do quadrante sul aumentou a dificuldade da bateria. O líder do ranking Eri Tenório (RJ) assumiu a liderança do trajeto logo no início da prova, e administrou bem sua remada, para chegar a sua terceira vitória consecutiva no circuito, e garantir a vaga para o Mundial da ISA.

Ele venceu a prova com o tempo de 31minutos 14 segundos e 0,65 décimos. Na segunda colocação ficou Luiz Guida (SP), com o paulista Gui dos Reis em terceiro lugar e a vaga garantida na Dinamarca.

A categoria Junior (até 16 anos) também teve disputa de vaga para o mundial entre os atletas João Lima e Pepe. Após cair durante o percurso, João Lima se recuperou e venceu a prova, garantindo pela primeira vez na equipe brasileira no ISA Games da Dinamarca.

Após as emoções do SUP Race começaram as disputas do Longboard +35. Na final, o carioca Jeferson da Silva garantiu o título da etapa em sua última onda, quando marcou 5.10 pts no final da bateria, e saiu de quarto para primeiro lugar. Fábio Alves (AL), que liderou praticamente toda a bateria ficou na segunda posição, seguido por Geraldo Neto (CE).

Na final seguinte foi a vez da Longboard (50+). O paulista Daniks Fischer venceu o paraibano Johnson Jaques.

-- O Rio de Janeiro é um lugar muito especial para mim, pois foi aqui em 1994 que fui campeão brasileiro Open na Barra da Tijuca. Tinha ondas de 3 metros na ocasião, igual aqui na Macumba nos primeiros dias. Não teve o título nacional, mas teve a vitória na etapa do brasileiro, dessa vez no longboard – destacou Daniks após a vitória.

O título da SUP Surf (35+) foi para Santa Catarina, com a vitória de Adriano Trinca Ferro, que somou 13.00 pts, surfando a melhor onda da final (7.50). Em segundo ficou Carlos Veloso (SC), com os paulistas Rodrigo Ramos e Leandro Alemão em terceiro e quarto lugar, respectivamente.

A quarta final do dia foi a SUP Surf Feminino Pro, com uma bateria Mulher a Mulher. Num duelo de paulistas, melhor para Gabi Sztamfater na decisão contra Aline Adisaka, que havia vencido as duas finais anteriores deste ano, com Gabi terminando na segunda colocação em ambas as etapas. Dessa vez Gabi não deu chances, e foi dominante desde o início da disputa.

-- Vencer essa etapa me tirou um peso, após chegar a duas finais e ficar na segunda colocação. Vim para essa terceira etapa focada em mim e no meu surf. Consegui pegar uma onda boa e voltar em duas batidas na final que me garantiram a vitória, apesar das condições estarem bem difíceis hoje - disse Gabi.

Na decisão da SUP Surf Pro Masculino Alex Salazar (SP) fez as duas melhores ondas da final, e venceu o confronto contra Caio Vaz (RJ). A final da Longboard Progressivo foi “briga de cachorro grande” como denominou o saquaremense Rodrigo Sphaier, vencedor da categoria. Ele derrotou na final o ídolo local Marcelo Freitas, em uma das baterias mais eletrizantes do Rio Surf Festival 2024.

A penúltima decisão do Rio Surf Festival 2024 foi a categoria Longboard Pro Feminino entre as paulistas Kate Brandi e Luana Soares, que chegaram a esta etapa na segunda e terceira colocações no ranking respectivamente. Numa disputa acirrada, Brandi ficou com o título.

A última bateria do evento reuniu os dois melhores atletas da categoria Longboard Masculino Pro, com o líder do circuito Jefson Silva (SP) enfrentando o número cinco do ranking Alexandre Escobar (ES). Os dois atletas abusaram das manobras de bico, dando um show de ‘hang fives’ e ‘hang tens’ durante a disputa.

Jefson Silva reagiu de forma espetacular para ficar com título do Rio Surf Festival 2024, e ratificar a liderança do ranking da Longboard Masculino Pro após três etapas.

-- Eu procurei me manter tranquilo o tempo inteiro sempre acreditando que a onda viria, e se viesse eu poderia virar o resultado. Foi o que aconteceu, sair daqui com o resultado positivo e com a vitória, além de manter a liderança do ranking - declarou o campeão.

Resultados do Rio Surf Festival 2024

Longboard Masculino Pro

1º- Jefson Silva (RJ) R$10.000,00

2º- Alexandre Escobar(ES) R$7.000,00

3º- Antonio Robles (RN) R$5.500,00

3º- Fábio Alves (AL) R$5.500,00

Longboard Feminino Pro

1º- Kate Brandi (SP) R$10.000,00

2º- Luana Soares(SP) R$7.000,00

3º- Rayane Amaral (RJ) R$5.500,00

3º- Atalanta Batista (PE) R$5.500,00

Longboard Progressivo

1º- Rodrigo Sphaier (RJ) R$10.000,00

2º- Marcelo Freitas (RJ) R$7.000,00

3º- Antonio Robles (RN) R$5.500,00

3º- Fábio Alves (AL) R$5.500,00

Longboard (35+)

1º- Jeferson Silva (RJ)

2º- Fábio Alves(AL)

3º- Geraldo Neto (CE)

4º- Robson Fraga(SE)

Longboard (50+)

1º- Daniks Fischer (SP)

2º- Johnson Jaques(PB)

3º- Márcio Costa (PR)

4º- Paulo Sefton(SC)

Longboard Masculino Sub-18 (final realizada na quarta-feira (25)

1º- Daniel Batista (PE)

2º- Hideki Duarte (SP)

3º- Eduardo Caponera (CE)

4º- Henry Ciamaroni (RJ)

Longboard Feminino Sub-18 (final realizada na quarta-feira (25)

1º- Sol Tostes (CE)

2º- Katellyn Oliveira (SP)

3º- Isadora Diniz (SP)

4º- Angelina Robles(RN)

SUP Pro Masculino

1º- Alex Salazar (RJ) R$10.000,00

2º- Caio Vaz (RJ) R$7.000,00

3º- Luiz Diniz (SP) R$5.500,00

3º- Adriano Trinca Ferro (SC) R$5.500,00

SUP Pro Feminino

1º- Gabi Stamfater (SP) R$10.000,00

2º- Aline Adisaka(SP) R$7.000,00

3º- Kate Brandi (SP) R$5.500,00

3º- Kilvia Cardoso (CE) R$5.500,00

SUP Sub-18 Masculino - Bateria realizada na quarta-feira (25)

1º- Pedro Veiga (BA)

SUP (35+) Masculino

1º- Adriano Trinca Ferro(SC)

2º- Carlos Veloso(SC)

3º- Rodrigo Ramos (SP)

4º- Leandro Alemão(SP)

SUP Race Masculino Geral

1º- Eri Tenório (RJ) R$9.000,00

2º- Luiz Guida (SP) R$6.000,00

3º- Gui dos Reis (SP) R$3.000,00

4º- Davi Leão (BA) R$2.500,00

SUP Race Feminino (40+)

1ª- Lena Ribeiro (RJ) R$9.000,00

2ª- Moah Jéssica (SP) R$6.000,00

3ª- Roseli Krepel (SC) R$3.000,00

4ª- DanielaCastro (SC) R$2.500,00

SUP Race Sub-16

SUP Race Sub-16
1º- João Lima
2º- Pepe


SUP Race Feminino Junior Sub-16 Fem
1ª- Rebeka Brehmer (SC)
2ª- Ana Almeida


SUP Race Feminino Júnior Sub-18 Fem
1ª- Rebeka Brehmer (SC)
2ª- Ana Almeida


SUP Race Feminino (50+)
1ª- Juliana Reis


SUP Race Técnico Pro Fem.
1ª- Paula Oliveira
2ª- Bruna Bergamini