Transportes

Notícias

Bonde de Santa Teresa completa 122 anos de eletrificação

 05/09/2018 - 15:26h - Atualizado em 05/09/2018 - 15:27h

Café da manhã em comemoração foi realizado na estação Carioca do Bonde


Nesta quarta-feira (05/09), foi realizado um café da manhã em comemoração aos 122 anos da eletrificação do Bonde de Santa Teresa, na estação Carioca. O evento reuniu o presidente da Companhia Estadual de Engenharia de Transportes e Logística (Central), Rogério Azambuja, funcionários que atuam na operação do transporte e membros da Associação dos Amigos e Empreendedores de Santa Teresa (Ame Santa).

 

Na ocasião, Azambuja destacou algumas mudanças implementadas nos últimos dois anos, bem como a evolução mensal do sistema em relação ao ano passado.

 

 - Os Bondes circulam de domingo a domingo, com intervalos de até 15 minutos e sem nenhuma interrupção técnica há mais de 180 dias. Como consequência desse trabalho, houve um aumento substancial no volume de passageiros. Em agosto, transportamos 51% usuários a mais em comparação ao mesmo mês no ano passado. Isso nos traz muito orgulho. É sinal de que o nosso trabalho está sendo reconhecido pela população que usa o sistema – ressaltou o presidente da Central.

 

 Outro ponto abordado foi a gestão eficiente dos recursos obtidos com a cobrança da tarifa, revertidos integralmente para a manutenção e melhorias do Bonde. Esse ano, por exemplo, houve a expansão do percurso até a Praça Odylo Costa Neto e o retorno da operação até a Rua Francisco Muratori.

 

 Além disso, em julho, foi iniciada uma nova fase da obra de expansão, da Praça Odylo Costa Neto até o Largo do França, proporcionando um avanço na oferta do serviço de 1,5 km em duas vias (subida e descida), passando a atender as comunidades de Santa Teresa e entorno.

 

 - Estamos trabalhando dentro do cronograma, com a preocupação de trazer o menor impacto possível para os moradores. Ainda esse ano estaremos operacionalizando essa nova extensão – explicou Azambuja.

 

 Com 36 anos de casa, o gerente de operação e manutenção do Bonde, Cláudio Nascimento, destacou a importância dessas mudanças e o sentimento de identificação dos funcionários e moradores.

  

  - O sistema melhorou muito nos últimos anos. A gente fica muito feliz quando vê o sorriso dos moradores e turistas, elogiando o nosso trabalho. Não tem nada que pague esses momentos. O Bonde fez aniversário essa semana e sentimos como se nós estivéssemos fazendo aniversário também. Ele é a identidade do bairro. É mais que um transporte, tem algo especial que é inexplicável – disse.


 Representante da Ame Santa, o designer gráfico Osmar Calixto reconheceu que os funcionários são figuras fundamentais na história do Bonde.

 

- Essa história não seria possível sem a ajuda dos funcionários. Agradecemos muito o esforço deles. Os moradores têm uma relação de proximidade muito grande com o Bonde, que é a alma do bairro. Sabemos que, sem o esforço que vem sendo feito, essa alma não estaria rodando hoje – concluiu.  




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________