Transportes

Notícias

Presidentes da RioTrilhos e da Central são ouvidos pela CPI de Transportes da Alerj

 02/05/2018 - 17:53h - Atualizado em 02/05/2018 - 18:32h

Linhas metroviárias e Bonde de Santa Teresa foram temas debatidos


Nesta quarta-feira (02/05), a presidente da Companhia de Transportes sobre Trilhos do Estado do Rio de Janeiro (RioTrilhos), Tatiana Carius, e o presidente da Companhia Estadual de Engenharia de Transportes e Logística (Central), Rogério Azambuja, foram ouvidos pela Comissão Parlamentar de Inquérito dos Transportes da Assembleia Legislativa (Alerj).

 

Na ocasião, a presidente da RioTrilhos destacou as principais atribuições da Companhia, que atua como um braço técnico da Secretaria de Estado de Transportes no que diz respeito ao sistema metroviário.

 

- Existe uma área destinada ao planejamento estratégico de ampliação da rede metroviária, tendo como base o Plano Diretor Metroviário. Essa ferramenta de apoio considera um horizonte de até 30 anos e traça uma diretriz de investimento metroviário, uma espécie de bússola para os futuros gestores da área - destacou Tatiana Carius.

 

O plano atua, ainda, em nível estratégico, sugere novas ligações, aponta prioridades e realiza interligações com outros planos e outras esferas de planejamento e gestão. Entre os trechos prioritários estão: Estácio – Praça XV, Praça XV – Arariboia, Presidente Vargas – Deodoro, Arariboia – Alcântara, Alvorada – Cocotá, Gávea – Carioca, Uruguai – Del Castilho, Gávea – Uruguai, e Jardim Oceânico – Alvorada.

 

Outro tema debatido foi a importância estratégica da Estação Gávea, cujas obras estão paralisadas em função de uma ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público. Enquanto a questão judicial não é superada, o estado apresentou argumento de defesa junto ao TCE para que seja finalizada a auditoria e o relatório preliminar possa ser reanalisado pelo corpo técnico e submetido aos conselheiros no plenário do tribunal.

 

- Estamos à disposição dos órgãos de controle para avançar nessa matéria, assim como estivemos durante todo o empreendimento. Gávea é uma estação de onde partem diversas outras expansões metroviárias. Sua conclusão é importante não só pelo volume de passageiros, mas para o futuro do metrô do Rio de Janeiro – afirmou a presidente da RioTrilhos.

 

Já Rogério Azambuja destacou o desejo de retomar o trajeto original do sistema de Bondes de Santa Teresa.

 

- A via completa possui cerca de 10 km de extensão e vai até a Estação Silvestre, próxima ao Corcovado. Temos cerca de 40% pronto, até a Praça Odylo Costa Neto. Solicitamos verba não só para retomar os contratos de construção da via até a Estação Silvestre, conseguindo atender a todos os moradores de Santa Teresa, como também o contrato para o material rodante, que são os bondes necessários para operar nesse percurso. Estamos aguardando – explicou Azambuja.

 

O presidente também estabeleceu um paralelo entre as composições antigas e as novas, explicando alguns mecanismos de segurança presentes nos novos bondes. Além disso, falou sobre a importância da gestão eficiente dos recursos obtidos com a cobrança da tarifa de R$ 20, implementada em dezembro de 2016.

 

- Temos explicado para os moradores do bairro que a questão da segurança impede que o bonde histórico seja colocado na via, já que não possui sete itens de segurança presentes nos novos bondes, como o freio de sapata magnética, que impede o descarrilamento. Quanto aos recursos, eles nos dão fôlego para colocar toda a área de operação e manutenção em dia. Essa tarifa tem sido extremamente importante para o bonde se tornar autossustentável – afirmou o diretor presidente.


Na ocasião, ele apresentou alguns números referentes às mudanças observadas no sistema.

 

- Transportamos 30 mil pessoas e diminuímos o intervalo entre os bondes para 15 minutos. Temos 98% de regularidade e pontualidade, e fazemos uma operação possível para o trecho construído e para a quantidade de bondes disponíveis – disse. 




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________