Transportes

Notícias

Técnicos da RioTrilhos e do Consórcio Construtor Rio Barra descartam influência de obras da linha 4 do metrô em deslizamento no Itanhangá

 16/04/2018 - 16:09h - Atualizado em 16/04/2018 - 16:09h


Os técnicos da RioTrilhos e do Consórcio Construtor Rio Barra concluíram os laudos que atestam que o deslizamento de pedras na Estrada da Barra da Tijuca, no Itanhangá, ocorrido no último dia 08, não tem relação com as obras da Linha 4 do metrô. A última detonação para a construção dos túneis sob o Morro Focinho do Cavalo ocorreu em dezembro de 2011. Antes da execução do empreendimento houve preparação da encosta na zona de influência, além de um criterioso monitoramento durante a criação dos túneis. Desde o período das obras até o dia do incidente (quase sete anos), não foram verificadas ocorrências similares.

 

Segundo o relatório da RioTrilhos, o Morro Focinho do Cavalo é uma encosta muito íngreme, de solo raso e sem a presença de vegetação arbórea. Pela sua posição geográfica, a área está sujeita a fortes intempéries provocadas pela ação do sol, dos ventos e da chuva, típicos do clima tropical.
 




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________