Transportes

Notícias

Secretário participa de audiência pública no âmbito da CPI dos Transportes

 11/04/2018 - 16:55h - Atualizado em 11/04/2018 - 16:55h

Investimentos no sistema de Bondes de Santa Teresa foi o tema abordado


Nesta quarta-feira (11/04), o secretário de Estado de Transportes, Rodrigo Vieira, teve a oportunidade de apresentar um panorama dos investimentos realizados no sistema de Bondes de Santa Teresa durante audiência pública no âmbito da Comissão Parlamentar de Inquérito dos Transportes da Assembleia Legislativa (Alerj). O encontro também contou com a participação do presidente da Companhia Estadual de Engenharia de Transportes e Logística (Central), Rogério Azambuja, de membros de associações do bairro, do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio de Janeiro (Crea-RJ) e do Ministério Público (MPRJ).


Na ocasião, Rodrigo Vieira destacou o desejo de retomar o trajeto original do Bonde e o trabalho desempenhado com o objetivo de oferecer um serviço de qualidade, com responsabilidade, no trecho atualmente em operação.


- A ampliação do trajeto é um pleito não só dos moradores e frequentadores de Santa Teresa, mas da própria Secretaria. Temos planejamento, estudos e o desejo, mas a pasta ainda não detém os recursos para essa finalidade. Há três trechos possíveis em direção à Vista Alegre, ao Castelo Valentim, que estão sendo detalhados e já solicitamos inclusive ao Governo Federal recursos necessários para finalizar a implantação do sistema levando até os Dois Irmãos – explicou.

 

Entre as mudanças implementadas, fruto da gestão eficiente dos recursos obtidos com a cobrança da tarifa no valor de R$20 (implantada em dezembro de 2016) estão: ampliação do percurso até a Praça Odylo Costa Neto; o retorno da operação até a Rua Francisco Muratori; intervenções na Estação Carioca; nova iluminação do trecho dos Arcos da Lapa, que não funcionava desde 2008; troca de dormentes; treinamento de funcionários e a criação de uma nova identidade visual e novos canais de comunicação, como página no Facebook, perfil no Twitter e site.

Os moradores do bairro de Santa Teresa (previamente cadastrados) têm direito a acessar gratuitamente o Bonde, mediante apresentação de carteirinha no embarque. A gratuidade também vale para estudantes da rede pública uniformizados e com o cartão escolar, pessoas acima de 65 anos e portadores do Vale Social.

 

- Cem por cento do valor da tarifa é utilizado para pagar as constas do sistema, a conta de luz, a compra de equipamentos sobressalentes, a troca de dormentes, material de segurança dos trabalhadores que atuam na oficina, os uniformes dos funcionários. Tudo isso é auditado mensalmente e são gerados relatórios que estão à disposição de quem quiser consultá-los- destacou.

O secretário também estabeleceu um paralelo entre as composições antigas e as novas, explicando alguns recursos de segurança presentes nos novos bondes, e apresentou alguns números referentes a mudanças observadas no sistema.

- De um ano para outro, conseguimos ampliar em 40% o volume de passageiros transportados. Nos últimos 15 meses chegamos a transportar 300 mil pessoas no bairro, sendo 25% gratuitas (as gratuidades previstas em lei e os moradores que se cadastraram) – disse.  

 

Confira aqui a apresentação feita na Alerj.

 

 


  • Fotos

  • 6 fotos | 11/04/2018

    Secretário participa de audiência pública no âmbito da CPI dos Transportes



Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________