Transportes

Notícias

Secretaria de Transportes prorroga prazo da consulta pública para licitação do sistema de bilhetagem eletrônica

 19/01/2018 - 13:22h - Atualizado em 31/01/2018 - 18:28h

Medida atende ao Termo de Compromisso firmado entre Estado, MPRJ e DPRJ


A Secretaria de Estado de Transportes iniciou, no dia 18 de janeiro, a consulta pública para as contribuições ao Termo de Referência para contratação da empresa que realizará o processamento de transações de transporte com utilização de recursos públicos, além da consolidação de todos os dados gerados pelos sistemas de bilhetagem eletrônica de cada modal (ônibus, trem, metrô, barcas e vans), que inclua o Bilhete Único Intermunicipal e as gratuidades concedidas pela lei. Os documentos estão disponíveis no site da Setrans.

 


O recebimento das contribuições foi prorrogado até o dia 11 de março de 2018, através do e-mail consultapublicasetrans@gmail.com. Serão avaliadas apenas as sugestões que contenham a identificação do participante e o contato (telefone ou e-mail).



A medida atende ainda ao Termo de Compromisso celebrado em novembro de 2017 junto ao Ministério Público (MPRJ) e à Defensoria Pública (DPRJ), e com a ciência do Tribunal de Contas do Estado (TCE).



- Essa iniciativa é uma quebra de paradigmas que proporcionará ao estado uma visão completa de todas as viagens realizadas nos transportes públicos. Além disso, auxiliará na tomada de decisões técnicas - destacou o Secretário de Estado de Transportes, Rodrigo Vieira.



Com esse novo modelo será possível, por exemplo, ampliar a análise das informações relacionadas à mobilidade urbana, como o número de passageiros e de viagens, integrando os dados georreferenciados ao registro das transações de bilhetagem eletrônica e acompanhando o volume de recursos em circulação nos cartões de transporte.



Outra vantagem será a adoção da interoperabilidade plena entre todos os sistemas de bilhetagem eletrônica de todos os modais, com os bilhetes eletrônicos funcionando de maneira integrada, independentemente de seu emissor. Isso significa que o passageiro poderá transitar em qualquer meio de transporte com um único cartão de acesso. Os cartões de gratuidade utilizados por portadores de necessidades especiais, doenças crônicas, estudantes e idosos também serão incluídos nesse novo sistema.



A implementação desse modelo será gradual para que não haja qualquer impacto na vida dos usuários dos serviços de transporte. Essa modelagem servirá, ainda, de plataforma para futuras ações de integração tarifária, já que aumentará a interação entre os modais e fomentará a competitividade no setor.
 




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________