Transportes

Notícias

Niterói lança projeto Mobilidade para pessoas com deficiência visual

 03/05/2011 - 13:37h - Atualizado em 03/05/2011 - 16:51h

Na ocasião foi apresentado o equipamento eletrônico, DPS 2000, que será testado durante um mês na linha 49


 

A Secretaria Municipal de Acessibilidade e Cidadania de Niterói, a Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro (Fetranspor) e o seu Sindicato (SETRERJ), lançaram nesta segunda feira (2/05), no restaurante Olimpo, em Charitas, Niterói, o projeto “Mobilidade para Pessoas com Deficiência Visual”.  Na ocasião foi apresentado o equipamento eletrônico, DPS 2000, que será testado durante um mês na linha 49 ( Fonseca – Centro – Icaraí) por cinco deficientes visuais voluntários.

 

“Essa iniciativa é um marco para todos, principalmente para os deficentes visuais. O nosso maior problema, é a espera no ponto de ônibus, tarde da noite, sem enxergar, torcendo para  que o ônibus pare e que seja a nossa linha. Por isso o novo equipamento que será instalado nos ônibus, o DPS 2000, nos ajudará a caminhar de maneira autônoma . É um momento ímpar na nossa história”, afirmou Alessandro Câmara, consultor em acessibilidade e também deficiente visual.

 

O DPS 2000 alerta o passageiro da chegada da sua condução, ao mesmo tempo que informa ao motorista do ônibus a presença de um cliente deficiente visual no ponto. O aparelho é composto por um receptor dentro do ônibus, que possui um auto falante, informando o número da Linha e também de um transmissor portátil usados pelos deficientes. Funciona através de rádio frequência, com interface intuitiva através do som. Possui alerta sonoro e visual e só para, quando o deficiente  embarca e o desliga. É um equipamento fácil, melhorando o atendimento e o acesso  de  quem mais precisa  ao transporte urbano.

 

“Em poucas palavras, esse é o momento de concretizar a inclusão social e mais do que qualquer coisa, a cidadania. A tecnologia tem avançado cada vez mais e podemos utilizar esses recursos para proporcionar um maior bem estar a toda a população e principalmente aos deficientes visuais’, disse Paulo Domênico, vice-presidente da Setrerj.

 

Após a apresentação do projeto piloto, foram realizados testes com o novo aparelho em dois ônibus da linha 49, escolhida em conjunto com todas as Secretarias, por ser uma linha circular. A amostra garante a eficiência e o conforto para os deficientes, que durante esse tempo de adaptação, vão avaliar a viabilidade técnica e econômica para a adoção do DPS 2000. O evento contou ainda com a participação da Secretária de Acessibilidade, Tânia Rodrigues, da Diretora de Mobilidade Urbana da Fetranspor, Richelle Cabral, do Superintendente da Concessionária Barcas S/A, Flavio Almada, do Presidente da Câmara dos Vereadores de Niterói, Paulo Bagueira e do representante da  Agência Metropolitana de Transportes Urbanos( AMTU), Sérgio Muros.




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

PROGRAMAS E AÇÕES

_____________________   Participe das redes sociais   _____________________