Transportes

Notícias

Secretário de Transportes participa de ‘Fórum Trânsito do Futuro’

 05/10/2017 - 15:14h - Atualizado em 05/10/2017 - 15:15h


O secretário de Estado de Transportes, Rodrigo Vieira, participou, nesta quinta-feira (05/10), do Fórum Trânsito do Futuro, promovido pelo Detran em parceria com o Jornal O Globo. O evento, ocorrido no auditório da nova sede da Infoglobo, na Cidade Nova, proporcionou uma ampla discussão sobre os impactos da tecnologia na mobilidade urbana. O objetivo foi despertar uma reflexão sobre como contribuir para a construção de um trânsito melhor e mais inteligente no Rio.

Na abertura, o presidente do Detran, Vinicius Farah, falou sobre a nova fase do órgão, que busca ocupar o posto de um dos mais ágeis e modernos do país.

- Estamos realizando uma revolução por meio da aquisição de ferramentas tecnológicas e da criação de produtos e serviços que já apresentam resultados positivos. Isso comprova que estamos no caminho certo: o de prestar serviço com qualidade. E mais, que não precisa de muito para conquistar nossos clientes. Depende exclusivamente de correção e boa vontade de todos – destacou.

O secretário Rodrigo Vieira fez uma apresentação destacando os desafios da integração física e tarifária entre os transportes, a tecnologia utilizada para garantir a segurança do Bilhete Único Intermunicipal e o Centro de Monitoramento do Departamento de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro (Detro).

- São necessários estudos de novas integrações físicas, tarifárias e operacionais. Já estamos discutindo uma alternativa para a integração do transporte urbano, mas é necessário fazer isso de uma forma mais ampla. É preciso analisar outras possibilidades, porque o transporte do futuro é integrado – disse o secretário.

Na ocasião, ele também ressaltou a importância do Bilhete Único Intermunicipal, que foi considerado o ‘Melhor Programa de Transportes da América Latina’, na categoria ‘Introdução de Novas Políticas de Transportes’. O benefício, aceito em 20 municípios da Região Metropolitana do Rio, conta atualmente com mais de dois milhões de usuários cadastrados.

Por fim, o secretário falou sobre a resolução, publicada em agosto pela Setrans, que visa coibir atividades não autorizadas nos sistemas de transporte metroviário e ferroviário de passageiros. A medida foi tomada em virtude do crescente registro de atividades não autorizadas de ambulantes nos modais.

- Não é uma questão de ter ou não a nota fiscal. Essa atividade irregular gera impacto em segurança operacional e precisamos garantir o bom funcionamento dos transportes. Já foram retidos cerca de 250 conjuntos de produtos que eram vendidos nas linhas 1, 2 e 4 do metrô. Com a resolução, conseguimos reduzir drasticamente o número de ambulantes no sistema - destacou.

O secretário de Estado de Saúde, Luiz Antônio Teixeira Júnior, e o coordenador-geral da Operação Lei Seca, tenente-coronel Marco Andrade, também participaram do encontro e apresentaram índices e políticas públicas de prevenção e conscientização no trânsito.

Os especialistas Cezar Taurion (VP de inovação do Instituto Smart City Business America), Rogério Louro (da Nissan do Brasil ) e Ricardo Barcellar (representante da KPMG) falaram sobre o ‘Trânsito no Futuro’. Já as palestrantes Flávia Rosário (Waze), Luisa Aguiar (Cabify) e Ana Gerrini (gerente de políticas públicas e pesquisa da 99) apresentaram o tema ‘Os impactos do mobile no trânsito’. 




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________