Transportes

Bilhete Único

Transportes

Garantia de transportes para todos

 

 
Economia financeira para o cidadão, ampliação das oportunidades de trabalho e melhoria no nível de qualidade de vida da população. Estes são os destaques entre os benefícios gerados pelo Governo do Rio aos mais de 3,9 milhões de usuários do Bilhete Único. Lançado em fevereiro de 2010, o Bilhete Único já foi utilizado em mais de 2 bilhões de viagens, somando uma economia direta de mais de R$ 2,2 bilhões no bolso dos usuários dos transportes públicos do Grande Rio.
 
Disponível para os habitantes dos 20 municípios da Região Metropolitana, o Bilhete Único é o destaque entre os programas de integração social do Estado do Rio. O sistema de Bilhete Único Intermunicipal permite o embarque em até dois meios de transportes, sendo um deles intermunicipal, ao custo máximo de R$ 5,90.

De acordo com estudo feito pela Fundação Getúlio Vargas, o Bilhete Único contribui diretamente para o crescimento no índice da empregabilidade no Grande Rio. A notícia é consequência da redução de custos com transporte proporcionado pelo programa estadual. Os empregadores deixaram de selecionar seus funcionários a partir do local onde moram, gerando um equilíbrio na distribuição de empregos entre moradores de diferentes regiões.

No ano de 2010, o Ministério do Trabalho concluiu que o Estado do Rio criou 149 mil novos postos de trabalho formais, um dos melhores índices já registrados. A pesquisa da FGV também sinalizou para o crescimento em 1,3% em oportunidades de emprego no mesmo período.

Em função de todas estas peculiaridades, a Secretaria de Transportes recebeu o prêmio de Melhor Programa de Transporte Público da América Latina durante um congresso em Dubai. A escolha foi feita pela União Internacional de Transportes Públicos, dentre centenas de iniciativas espalhadas pelo mundo. A eficiência do serviço levanta interesse de representantes de muitos países, que frequentemente visitam a Secretaria de Transportes, interessados em absorver know how e aplicar a tecnologia em outras regiões.


Dúvidas frequentes:

1 - Como consigo meu BUI?
 
Adquira o cartão em um ponto de venda no posto de cadastramento na Estação da Central do Brasil, nas lojas RioCard ou no site - www.cartaoriocard.com.br.
 
2 - O que é a tarifa social?
 
Tarifa Social é um benefício concedido, somente aos usuários cadastrados no Programa de Bilhete Único Intermunicipal, pelo Estado do Rio de Janeiro que subsidia parte do valor da passagem nas barcas, metrô e trens.
 
3 - Como adquirir a tarifa social?
 
Adquirindo o Bilhete Único Intermunicipal você será beneficiado pela Tarifa Social dos trens, metrô e barcas automaticamente.
 
4- Em quais meios de transporte posso usar meu BUI?
 
O Bilhete Único Intermunicipal pode ser utilizado em ônibus, barcas, trens, metrô e vans (intermunicipais regularizadas) desde que haja integração intermunicipal entre eles. Os ônibus com tarifas especiais (tipo ‘frescão’) não estão incluídos no BUI.
 
5- Quais municípios do Rio de Janeiro são contemplados pelo Bilhete Único Intermunicipal?
 
O BUI abrange os municípios da Região Metropolitana do Estado do Rio de Janeiro listados no Anexo Único da Lei 5.628/2009.
 
6- Quantas vezes por dia posso usar o meu Bilhete Único Intermunicipal?
 
O bilhete único intermunicipal possibilita a realização de uma viagem de ida e volta, com intervalo mínimo de uma hora entre elas. Em cada viagem, o passageiro poderá utilizar até dois meios de transporte, sendo um intermunicipal, dentro do período máximo de 3 horas com tarifa diferenciada.

7- O cartão do BUI sem saldo ou com saldo insuficiente pode valer uma passagem?
 
Não. Nenhum cartão do BUI poderá ser entregue ao cobrador como forma de pagamento.

 

 

 




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________