Transportes

Teleférico do Alemão


Primeiro sistema de transporte de massa por cabos no Brasil


 O Teleférico do Complexo do Alemão foi inaugurado em 7 de julho de 2011, sendo o primeiro sistema de transporte de massa por cabos no Brasil, e integrado à rede ferroviária (pela estação de Bonsucesso). Alcançou a marca total de mais de 13 milhões de passageiros transportados e, atualmente, registra 9 mil embarques por dia. O recorde de passageiros transportados em um só dia data de 15 de dezembro de 2012, com mais de 19 mil embarques no sistema.

 

Administrado pela Rio Teleféricos, concessionária formada pelas empresas Hanover Administradora de Bens Próprios Ltda e Providência Teleféricos Ltda. Esta última opera o Teleférico da Providência, inaugurado pela Prefeitura do Rio em julho de 2015, que liga a Praça Américo Brum, no alto do morro da Providência, à Central do Brasil e à Cidade do Samba, na Gamboa.

 

O sistema Teleférico tornou-se uma referência turística e de logística do Rio de Janeiro contribuindo para a inserção e transformação social no complexo de 13 comunidades na Zona Norte do Rio de Janeiro.

 

Infraestrutura

 

Construído com recursos do PAC e em parceria dos governos federal e estadual, o Teleférico tem 3,5 quilômetros de extensão e 152 gôndolas, com capacidade para transportar oito passageiros cada. A viagem da primeira estação (Bonsucesso) à última (Palmeiras) tem duração média de 16 minutos. 

 

As estações e serviços estão distribuídos da seguinte forma:

 

· Estação Bonsucesso: estação de integração com o sistema ferroviário. Nela estão instalados quiosque comercial de cosméticos e lanchonete.


· Estação Adeus: uma das localidades que contam com um belo mirante da vista da cidade do Rio de Janeiro em sua área externa. Esta estação disponibiliza, ainda, uma agência do Banco do Brasil.


· Estação Baiana: localizada no bairro de Ramos, trata-se da estação motriz de todo o sistema, o “coração” do teleférico. Abriga um posto de orientação urbanística e social da prefeitura (Pouso).


· Estação Alemão: situada na comunidade que batiza o complexo. Essa estação abriga mais alguns equipamentos sociais; o centro de referência da juventude (CRJ), um posto de atendimento do INSS, Centro de Referência Social (CRAS) e uma agência dos Correios.


· Estação Itararé: mais uma das estações intermediárias inseridas no cerne da comunidade. Esta estação promove a integração com o conjunto habitacional da Poesi, na Estrada do Itararé, bem como o Colégio Estadual Jornalista Tim Lopes, além de salas da FIRJAN com cursos gratuitos para a população.


· Estação Palmeiras: estação de retorno do teleférico, localizada no Bairro de Inhaúma. Nela funciona a biblioteca Parque Alemão, entre outros, e uma unidade da Clínica da Família para atendimento aos moradores da região.


O teleférico está temporariamente inoperante.

 

 


  • Vídeos



Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________