Segurança

Notícias

Operação da Ssinte apreende 200 mil maços de cigarros contrabandeados em Campo Grande

 04/04/2018 - 14:56h - Atualizado em 04/04/2018 - 14:56h

Ação contou com apoio do GAECO/MPRJ


Agentes da Subsecretaria de Inteligência (Ssinte) da Secretaria de Estado de Segurança, com apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO/MPRJ) e da Corregedoria da Polícia Militar, fizeram uma operação de combate ao contrabando e à corrupção policial nesta terça-feira (03/04), em Campo Grande, na Zona Oeste, e apreenderam mais de 200 mil maços (400 caixas) de cigarros de origem estrangeira e sem procedência legal, prováveis fruto de crime.

 

Os produtos foram encontrados em um depósito clandestino em nome de um ex-policial militar, expulso da corporação em 2007, apontado como um dos maiores contrabandistas de cigarros paraguaios para o Rio de Janeiro. Ele seria responsável também pela receptação de cigarros de origem criminosa, roubo de cargas e desvio de materiais apreendidos por policiais corruptos.

 

 A ocorrência foi apresentada na Delegacia Fazendária da Polícia Federal do Rio de Janeiro, onde foi instaurado um inquérito policial para apurar os fatos, já que no momento da diligência o ex- policial militar não estava no depósito. No dia 22 de março um funcionário do ex-PM foi preso por receptação qualificada, também em Campo Grande.

 

Considerando o preço da caixa de cigarro vendida ilegalmente no atacado, a apreensão causou um prejuízo para o contrabandista de cerca de 350 mil reais. No varejo, esse valor chega a 1 milhão de reais. 




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________