Segurança

Notícias

Segurança

CGU cria comissão para apurar improbidade administrativa de servidores

 29/05/2013 - 13:56h - Atualizado em 29/05/2013 - 13:56h

O levantamento será feito através da verificação da evolução patrimonial de cada servidor, especialmente em desproporção com seus ganhos


A Corregedoria Geral Unificada (CGU) criou uma Comissão de Sindicância Patrimonial, com o objetivo de apurar improbidade administrativa praticada por policiais civis, militares e bombeiros militares. Isso será feito através da verificação da evolução patrimonial de cada servidor, especialmente em desproporção com seus ganhos. Tal medida tem como base a Legislação Federal e Estadual; e a Resolução Conjunta do secretário de Estado de Segurança, José Mariano Beltrame, e do secretário de Estado de Defesa Civil, coronel Sérgio Simões, que acumula a função de Comandante Geral do Corpo de Bombeiros.


Diante dessa nova atividade, a CGU, em parceria com a Secretaria de Segurança do Rio (SESEG), ministrou, no auditório da SESEG, um curso nessa semana voltado para esse tema. Os alunos, integrantes da Corregedoria, ouviram palestras de profissionais com experiência na área, o que foi considerado positivo.


“Ganhamos grande conhecimento técnico-científico com as aulas ministradas por representantes da Polícia Civil e Federal, do Ministério Público Estadual e Federal, do Poder Judiciário Estadual e Federal e da Receita Federal. O saldo do curso foi altamente positivo”, disse o Corregedor da CGU, Giuseppe Vitagliano.




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

_____________________   Participe das redes sociais   _____________________