Obras

Notícias

Obras

Obras do Arco Metropolitano chegam a 65% da conclusão

 08/10/2012 - 16:09h - Atualizado em 08/10/2012 - 17:10h

Construção de três importantes trevos de acesso estão com obras avançadas


 A implantação do segmento do Arco Metropolitano, a cargo da Secretaria estadual de Obras, numa extensão de 70,9 quilômetros, entre Duque de Caxias e Itaguaí, na Baixada Fluminense, já alcançou 65% de obras prontas. A estrada, que é um sonho de mais de quatro décadas, deverá ser inaugurada em dezembro do ano que vem. A rodovia já está quase toda com a terraplenagem e a drenagem feitas e a próxima etapa será receber asfalto.


Além da pavimentação, a estrada vai ter 54 viadutos, 18 pontes e 82 passagens inferiores – entre elas 10 zoopassagens na reserva florestal da Floresta Nacional Mário Xavier (Flona), em Seropédica, habitat da perereca Physalaemus soaresi, espécie ameaçada de extinção. Também estão sendo construídos três importantes trevos de interseção com rodovias federais que cortam o estado. O valor da obra é de R$ 1,1 bilhão, incluído no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), parceria entre os governos federal e estadual.


O secretário de Obras, Hudson Braga, garante que este trecho do Arco Metropolitano por si só já vai arrumar a malha rodoviária do estado, desafogando o trânsito na capital. A estrada vai se conectar com grandes rodovias federais: Rio-São Paulo (Via Dutra), Rio-Belo Horizonte-Brasília (BR-040), Rio-Santos (BR-101 Sul) e Rio-Bahia (BR-116).


O Arco também é estratégico também do ponto de vista da economia, no âmbito estadual como propulsor do desenvolvimento da Baixada e nacional, por beneficiar diretamente o segmento de cargas, dando mais agilidade, qualidade e rapidez ao setor de transportes e também contribuindo para a redução dos custos.


- Esta obra é um sonho que virou lenda, porque estava no papel desde 1970. Mas, se Deus quiser, vamos entregá-la à população. Ela vai tirar de oito mil a dez mil carretas da Avenida Brasil e da linha Vermelha, melhorando sensivelmente o acesso ao Rio - previu o secretário.


Concluída a colocação de vigas do trevo sobre a Via Dutra


O trevo sobre a Via Dutra, próximo à entrada para Japeri, já teve as vigas assentadas e a etapa a ser cumprida agora é a de colocação e pavimentação das lajes dos três viadutos que o compõem. Os serviços devem ficar prontos na última semana de outubro. Também deverá começar nos próximos dias a implantação das alças de acesso ao Arco, que compreendem serviços de terraplanagem, drenagem, pavimentação e sinalização.


O trevo é um dos mais importantes da nova estrada porque vai atender a demanda de veículos, em especial caminhões de carga, com destino ou vindos de São Paulo e Rio de Janeiro, os dois maiores mercados do país. A previsão é de que 3,5 mil veículos por dia usarão o trevo.


Mais avançada ainda está a construção do trevo na antiga Rio-São Paulo, a BR-495, em Seropédica. Com os dois viadutos praticamente concluídos, está faltando apenas a construção das alças de acesso e da conexão do Arco com os viadutos. A previsão é de que passem pelo acesso entre 500 e mil veículos por dia.


Também está em ritmo acelerado a obra do trevo mais complexo do Arco Metropolitano: a ligação com as BR-040 (Rio-Petrópolis) e BR-116 (Rio-Teresópolis), em Saracuruna, Duque de Caxias. Estão sendo construídas cinco das dez alças viárias previstas. Além destas, está prevista a construção de oito viadutos, quatro em concreto armado e quatro em estrutura metálica. Dos dois viadutos ali existentes, apenas um será mantido, mas ampliado com estrutura metálica, e o outro demolido.

 


  • Fotos

  • 14-9-12 015.jpg

    10 fotos | Obras | 09/10/2012

    Fotos - Arco Metropolitano - Sérgio Huoliver

  • arco1

    3 fotos | Obras | 08/10/2012

    Fotos - Arco Metropolitano - Érica Ramalho



Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

_____________________   Participe das redes sociais   _____________________