Fazenda

Notícias

Fazenda

Mais de 20 toneladas de mercadorias são apreendidas

 05/01/2017 - 13:02h - Atualizado em 05/01/2017 - 13:02h

A operação foi realizada na quarta-feira (14/12), na Barreira Fiscal de Nhangapi, na Rodovia Presidente Dutra, altura de Itatiaia, e contou com auditores fiscais da Receita Estadual, além de agentes da Secretaria de Segurança e da SEGOV.


A Subsecretaria da Receita Estadual, em parceria com a Secretaria de Estado de Governo e a Secretaria de Segurança, apreendeu até a tarde desta quinta-feira (15/12) cerca de 20 toneladas de mercadorias falsificadas e sem nota fiscal em dois ônibus e um caminhão vindos da região do Brás, no município de São Paulo, com destino aos estados do Rio de Janeiro, Bahia, Espirito Santo e Minas Gerais. A operação foi realizada na quarta-feira (14/12), na Barreira Fiscal de Nhangapi, na Rodovia Presidente Dutra, altura de Itatiaia, e contou com auditores fiscais da Receita Estadual, além de agentes da Secretaria de Segurança e da SEGOV. As mercadorias apreendidas ainda estão sendo contabilizadas e até este momento totalizam cerca de R$ 500 mil, sendo constituídas por itens diversos, como artigos de confecção, bolsas e brinquedos.

 

De acordo com Miguel Angel Casares, auditor-chefe das barreiras fiscais, 1/3 das mercadorias apreendidas serão autuadas pela Receita Federal, por se tratarem de falsificações e descaminhos (importação de produtos do exterior sem autorização). O restante é de mercadorias sem nota fiscal, autuadas pela Fazenda Estadual por sonegação de ICMS.

 

Para o subsecretário adjunto de Fiscalização, Rafael Ferraresso, operações como estas são importantes para aumentar a sensação de risco nos contribuintes e, assim, coibir novas sonegações. “Esse é o maior ganho do trabalho na Barreira Fiscal, pois a sensação de risco aumenta a arrecadação espontânea”, afirma.




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________