Fazenda

Notícias

Fazenda

Ouvidoria completa um ano e recebe novo gestor

 05/01/2017 - 12:54h - Atualizado em 05/01/2017 - 12:54h

Eugênio Machado tem uma carreira de 22 anos no Estado. Iniciou como contador e ficou à frente da Auditoria Geral do Estado por 13 anos. Em dezembro, Eugênio assumiu o cargo de Ouvidor-Geral do Estado


A Ouvidoria da Secretaria de Estado de Fazenda completou um ano no último mês sob o comando de um novo Ouvidor-Geral, Eugênio Machado, que ocupava anteriormente o cargo de Auditor-Geral do Estado. A nova equipe é composta por Eugênio e o servidor Léo Salgado.

 

Eugênio Machado tem uma carreira de 22 anos no Estado. Iniciou como contador e ficou à frente da Auditoria Geral do Estado por 13 anos. Há duas semanas, Eugênio assumiu o cargo de Ouvidor-Geral do Estado. “Estou enxergando esse novo desafio com entusiasmo, com a certeza que eu posso agregar minha experiência a essa atividade”, declarou.

 

Já Léo Salgado está na Secretaria de Fazenda há sete anos e veio para montar uma estrutura de Recursos Humanos estratégica. Com as alterações após a fusão com a Seplag, foi convidado para fazer parte da equipe da Ouvidoria, agregando com seu conhecimento de tratamento ao público. “Relacionamento humano é algo muito importante dentro de qualquer área, principalmente aqui, onde é preciso prestar uma resposta mais rápida e eficaz aos contribuintes e cidadãos.”

 

 

Há quanto tempo vocês estão na nova gestão?

 

 

E.: Eu estou há três semanas e o Léo Salgado já está aqui há pouco mais de um mês.

 

 

A Ouvidoria já gerou resultados?

 

 

E.: Nós estamos em fase de implantação e isso não é rápido, é um processo cultural. A Secretaria de Fazenda existe desde 1975 e essa é a primeira Ouvidoria criada, fruto da percepção do ex-secretário Julio Bueno. Agora nós estamos dando continuidade a essa implantação e buscando os melhores resultados possíveis, com grande apoio da nova gestão da Secretaria que busca e incentiva essa transparência de relacionamento, já observada enquanto administradores do Rioprevidência. A equipe que nós sucedemos já deixou um caminho pavimentado para seguirmos e relacionamentos consolidados com as diversas áreas existentes em nossa Secretaria.

 

 

Qual a principal função da Ouvidoria?

 

 

E.: A Ouvidoria é um canal de comunicação entre o contribuinte e o Governo, um instrumento de participação democrática. Contribui para melhorar a comunicação entre estes e, com isso, deixar o governo mais próximo e mais transparente junto ao cidadão, além de indicar possíveis melhorias em seu atendimento.

 

 

Quais são as principais demandas?

 

 

E.: Hoje na Secretaria existe o Fale Conosco, que é o primeiro canal de comunicação da Fazenda, bem como atendimento telefônico. Quando o contribuinte ou funcionário (lembrando que a Ouvidoria também atende o servidor) tem um problema e não consegue contato com o Fale Conosco ou não tem uma resolução para o problema, então eles devem procurar a Ouvidoria. No entanto, cabe ressaltar que o Fale Conosco da Secretaria tem demonstrado um ótimo atendimento, respondido a contento aos contribuintes nas mais diversas áreas. A Secretaria de Estado de Fazenda apresenta uma peculiaridade: ela é o órgão central de vários sistemas. Aqui funcionam os órgãos centrais de Contabilidade, Auditoria, Receita, Tesouro, Controle Interno e, na junção com a Seplag a partir de janeiro próximo, terá a Folha de Pagamento, Orçamento, Patrimônio Imobiliário. Então se observa uma Secretaria que tem necessidade muito grande desse relacionamento com o contribuinte, com o servidor e na sua essência com o cidadão.

 

 

Com a fusão com a Seplag a expectativa é que essa demanda aumente?

 

 

E.: Sim, a expectativa é que aumente consideravelmente e que possamos resolver e apaziguar da melhor forma.

 

 

Qual a relação da Ouvidoria com as pessoas?

 

 

E.: Acredito que as pessoas ainda estejam tomando conhecimento da Ouvidoria, é um processo cultural. Como eu falei, fiz o concurso do Estado há 22 anos para lotação nesta Secretaria e nunca observei uma Ouvidoria. Eu estou tendo a oportunidade de dar continuidade a um projeto necessário para a sociedade.

 

 

Como funciona a rotina de trabalho?

 

 

E.: Existem vários órgãos de relacionamento, como Fale Conosco, Central de Relacionamento, Denuncie Aqui, entre outros, e o contribuinte que procura esses caminhos deve entender que existe alguém por trás disso para responder e amparar. Mesmo quando os problemas não são relacionados à Ouvidoria, nós sempre temos a intenção de responder e orientar onde essa pessoa deve procurar ajuda. Isso deve acontecer para que a pessoa do outro lado da linha se sinta cidadã e respeitada. Hoje, nossa equipe ainda está sendo montada, mas eu e o Léo Salgado temos um bom conhecimento da Secretaria, o que ajuda bastante no atendimento. Nós temos a facilidade de conhecer as atividades e estrutura da Fazenda, e acredito que nosso trabalho será de bastante sucesso por conta disso, e pelo apoio já observado nas outras áreas da Secretaria.

 

 

Existem novos projetos?

 

 

E.: Nós estamos implantando, mas a cultura será necessária, para isso nós vamos incentivar a presença da Ouvidoria nas diversas demandas de nossa Secretaria. Queremos ser relevantes para a gestão da Secretaria, para a melhoria da prestação de serviços, para aprimoramento de boas práticas, para um bom relacionamento com o cidadão. Buscaremos chegar com identidade visual nos órgãos do Estado que atendem o contribuinte, para consolidação de nossa Ouvidoria na Fazenda, embora esta informação já esteja bem localizada no nosso site. Nós já contamos com uma parceria muito grande de outros órgãos da Fazenda e precisamos da contribuição de todos.
 




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________