Esporte, Lazer e Juventude

Notícias

WSL terá premiações iguais para homens e mulheres

 06/09/2018 - 15:59h - Atualizado em 06/09/2018 - 16:00h

Iniciativa é pioneira no esporte e começa a valer a partir de 2019


Excelente notícia para o surfe e para mundo dos esportes em geral: a World Surf League (WSL) terá premiações iguais para os atletas das categorias masculina e feminina a partir de 2019. Será a primeira e única liga esportiva global, com sede nos Estados Unidos, a promover a igualdade da premiação em dinheiro para ambos os sexos.

- Este é um passo enorme em nossa estratégia, há muito tempo planejada, de elevar o nível do surfe feminino. Essa é uma das ações que a Liga se comprometeu trabalhar para nossas atletas, desde competir na mesma qualidade de ondas que os homens, até melhores locações e mais apoio e investimento no surfe feminino - disse a CEO da WSL, Sophie Goldschmidt.

A hexacampeã mundial Stephanie Gilmore festejou a novidade:

- Isso é incrível e estou muito feliz. O prêmio em dinheiro é fantástico, mas a mensagem significa muito mais. A partir do momento em que a atual diretoria da WSL assumiu, a situação das surfistas mulheres se transformou para melhor em todos os sentidos. Espero que isso sirva de modelo para outros esportes, organizações globais e para a sociedade como um todo – comemorou.

Onze vezes campeão mundial, Kelly Salter também falou sobre a decisão inédita da WSL:

- As mulheres que correm o circuito merecem essa mudança. Tenho muito orgulho de que o surfe esteja optando por liderar a igualdade e justiça no esporte. As atletas do surfe feminino da WSL estão igualmente comprometidas com seu ofício como os do masculino, então devem receber o mesmo pagamento nas premiações. O surfe sempre foi um esporte pioneiro e esse é mais um exemplo disso – afirmou.

Iniciativas para 2019

A WSL anunciou mais três iniciativas que serão lançadas em 2019 em prol do surfe feminino. A primeira é uma campanha de marketing global para destacar o circuito e aumentar a visualização dos eventos e o envolvimento dos fãs. A segunda é um programa local de envolvimento da comunidade para meninas em todo o mundo, com clínicas instrucionais com atletas da WSL em cada etapa feminina do Championship Tour para inspirar novas gerações a abraçar o surfe. E a terceira é uma série de conteúdos mensais sobre as mulheres pioneiras do surfe, nos canais da WSL, que começa na próxima semana com a heptacampeã mundial Layne Beachley. 




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________