Esporte, Lazer e Juventude

Notícias

Rumo a Tóquio 2020: pista de skate em Padre Miguel terá dois estilos de manobras

 31/01/2018 - 12:27h - Atualizado em 01/02/2018 - 17:38h

Ação faz parte da contrapartida social do Oi STU Open 2017, etapa do circuito mundial de street, realizada no Rio de Janeiro, em abril


Os skatistas do Rio de Janeiro já podem comemorar: as manobras radicais já têm data para voltar. O Skate Park de Padre Miguel, na Zona Oeste, foi reformado e será inaugurado, neste sábado (03/02), pela Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude (Seelje). A iniciativa faz parte da contrapartida social do Skate Total Urbe (Oi STU Open), considerado o maior campeonato mundial do esporte na América Latina. A pista, que existe desde 2010 na Praça Guilherme da Silveira, não recebia intervenção desde 2015. A programação começa a partir das 9h e haverá apresentações de projetos de skatistas, que farão o reconhecido da nova pista.
 

- A partir de agora, estamos falando sobre um esporte olímpico, onde a tendência é vê-lo crescer ainda vez mais e ganhar novos adeptos. Por isso, recuperar as pistas de skate do Rio de Janeiro é um dos primeiros passos para formarmos uma geração de skatistas. Além do investimento no esporte de base, a Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude estimula a ocupação de espaços públicos que, antes estavam sem condições de uso, com esporte e inclusão social, pois o skate é democrático – ressaltou o secretário Thiago Pampolha.
 

A pista terá, a partir desta reforma, dois estilos – street e banks. Diferente do bowl, que tem o fundo mais raso e as bordas não fazem 90 graus com o solo, o banks tem altura, em geral, de até 2,50 metros. Street, Vertical, Mini-ramp, Longboard e Downhill são alguns dos perfis de manobras que a pista poderá receber. De acordo com a Rio Ramp Design, empresa especializada na construção e reforma de pistas de skate e responsável pela obra de Padre Miguel, a prioridade foi a recuperação de todo o banks.
 

- Era a parte que mais precisava de atenção. Corrigimos a inclinação, que não estava correta e, por isso, fizemos um banks praticamente novo. Além de termos ampliado o piso, colocamos mais obstáculos na parte street. Um dos diferenciais deste park é que o skatista encontra os dois estilos em um só local, o que o torna versátil para realizar as manobras – detalhou Bruno Pires, arquiteto da Rio Ramp Design.
 

Cleber Melo de Barros, skatista master na modalidade street, acredita que o número de frequentadores na pista em Padre Miguel deve aumentar. Em média, entre 30 e 50 skatistas procuram o local para a prática do esporte por dia. Com a revitalização, a expectativa é que suba para 80, segundo ele, que é empresário e tem uma loja de skate em frente à praça.
 

- O skate se tornou minha filosofia de vida há 23 anos. Eu e outros skatistas locais sempre zelamos pela preservação, limpeza e manutenção da pista e também da Praça Guilherme da Silveira. Esta reforma significa qualidade de vida – comemorou Cleber, de 39 anos.
 

Uma das etapas do Circuito Mundial de Street em 2017 e viabilizado por intermédio da Lei de Incentivo ao Esporte, o Skate Total Urbe (Oi STU Open) foi realizado no ano passado, na Praça Duó, na Barra da Tijuca, e consagrou a brasileira Pâmela Rosa e o japonês Yuto Horigome como os vencedores da competição chancelada pela International Skateboard Federation (ISF).
 

Investimento no skate desde 2016

No mesmo ano em que o skate integrou oficialmente o programa esportivo do Comitê Olímpico Internacional (COI), a Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude iniciou o projeto de investimento na modalidade. Somente naquele ano, três novas pistas foram entregues à população do Rio de Janeiro – duas na capital, em Manguinhos e Campo Grande, nas Zonas Norte e Oeste, respectivamente, e em São João da Barra, no Norte Fluminense. As entregas foram fruto da contrapartida social da edição 2016 dos Jogos Cariocas de Verão, viabilizados também por intermédio da Lei de Incentivo ao Esporte.
 

Além da reforma da pista de skate de Padre Miguel, outra contrapartida social do Oi STU Open está prevista: uma Academia da Terceira Idade (ATI) deve ser instalada em Campo Grande até o mês de março.
 

Serviço:

Inauguração do Skate Park de Padre Miguel

Praça Guilherme da Silveira

Dia 03 de fevereiro – sábado

Horário: a partir das 9 horas

Programação:

10 horas - Apresentação ‘Projeto Escola Formiga de Skate’ e ‘Damf Escola de Skate’

11 horas - Rolê livre - Reconhecimento de Pista

14 horas - Rolê Amador

16 horas - Rolê Master

18 horas - Roda Cultural da G.D.S. 




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________