Esporte, Lazer e Juventude

Notícias

Centro de Referência da Juventude é inaugurado em Petrópolis com oferta de capacitação profissional

 16/12/2017 - 17:45h - Atualizado em 16/12/2017 - 18:02h

Primeiro CRJ do interior fluminense, espaço também terá oficinas culturais e esportivas



A cidade de Petrópolis abriga o primeiro CRJ do interior do estado e pretende beneficiar até 2 mil jovens / Fotos: Rogério Santana

 

Com a meta de beneficiar entre 1.500 a 2.000 adolescentes e jovens da Região Serrana do Rio de Janeiro, o Centro de Referência da Juventude (CRJ) de Petrópolis, inaugurado neste sábado (16/12), vai oferecer 20 atividades, entre elas, capacitação profissional, modalidades esportivas, além de oficinas culturais e de artes. Esse é o primeiro equipamento voltado para esse segmento do interior fluminense e, só foi possível, graças à parceria entre a Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude (Seelje) e a Prefeitura de Petrópolis.
 

- O trabalho desenvolvido nos Centros de Referência da Juventude é fundamental para a transformação da vida de um jovem, pois são nestes espaços que ele tem acesso ao esporte, à cultura e ao mercado de trabalho, que são instrumentos de geração de oportunidades. Nós, da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude, apostamos nas parcerias e foi, por meio dela, que se tornou possível expandir o CRJ para além da capital e trazê-lo para Petrópolis – comemorou o secretário de Esporte, Lazer e Juventude, Thiago Pampolha.
 

O bairro Alto da Serra foi escolhido para abrigar o CRJ em virtude do alto número de jovens da região. A partir de agora eles terão a oportunidade de realizar atividades que visam à democratização do acesso à cidadania e ao bem-estar social.
 

- Abrigar o primeiro CRJ, um projeto tão bacana, é uma satisfação muito grande. Um espaço como este foi muito desejado pelos jovens da nossa cidade. Destaco também a capacitação profissional, pois abre portas para o mercado de trabalho, principalmente neste momento de crise. Não podemos esquecer que a juventude é o nosso futuro – lembrou o prefeito Bernardo Rossi.
 


São cerca de 20 atividades oferecidas no CRJ Petrópolis, entre cursos profissionalizantes, modalidades esportivas e culturais
 

A capacitação profissional é um dos pontos altos do CRJ Petrópolis. Dez cursos voltados para o mercado de trabalho serão ofertados aos jovens de 15 a 29 anos - recepcionista, auxiliar administrativo, auxiliar de departamento pessoal, auxiliar de recursos humanos, logística, telemarketing, agente de informações turísticas, inglês, curso de recreador/animador cultural, além de operador de máquinas pesadas.
 

O esporte também terá destaque entre as atividades do espaço. A diversidade de modalidades é uma forma de atrair tanto os fãs das artes marciais, com as aulas de judô, jiu-jitsu e capoeira, quanto para àqueles que gostam das tradicionais oficinas de futebol de salão e vôlei. E, ainda, para quem prefere exercitar a mente, o xadrez é uma boa pedida.
 

A qualidade de vida e cultura também tem vez no CRJ Petrópolis: aulas de zumba e ginástica/alongamento estão entre as atividades que promovem o incentivo aos hábitos mais saudáveis. A oficina de teatro completa o cardápio de opções que a juventude da Região Serrana terá com a chegada do espaço.
 

- Esta é uma conquista dos jovens de Petrópolis, que poderão, a partir de agora, construir novas trajetórias de vida. Expandir o projeto dos CRJs sempre foi uma meta para a Superintendência e conseguimos durante o ano de 2017 avançar com dois novos espaços, que são fontes de grandes oportunidades para a juventude – afirmou a Superintendente de Políticas de Juventude, Jéssica Ohana.
 


Esta é a sexta unidade do CRJ, que está presente em 5 comunidades da capital
 

Aos 17 anos, Yuri Costa pretende aprimorar as técnicas que já sabe do Jiu-Jitsu nas aulas do CRJ.
 

- Aqui pelo bairro não tem nenhum espaço como este. Muita gente quer fazer um curso e não encontrava lugar que fosse de fácil acesso. Acho que muitas portas vão se abrir para os jovens, que assim como eu, querem ter mais opções de esportes, lazer ou para ajudar na profissão – disse o adolescente, que vai iniciar no ensino médio e deseja se tornar engenheiro ou arquiteto.
 

A comemoração teve um tom natalino, com a apresentação da ‘Ação Social pela Música do Brasil’. Um dos núcleos da orquestra, composta por moradores de comunidades carentes do Rio de Janeiro, está instalado no Vale do Cuiabá, região da cidade de Petrópolis, e atende cerca de 200 alunos. Brindes e lanches foram distribuídos às crianças e jovens que foram à inauguração. A ação faz parte da contrapartida social da Maratona do Rio, competição viabilizada pela Seelje, por intermédio da Lei de Incentivo ao Esporte.
 


Secretário Thiago Pampolha (à direita) e o subsecretário Pedro Guimarães com as crianças e jovens que foram à inauguração e ganharam brindes, uma das contrapartidas sociais da Maratona do Rio, viabilizada pela Seelje

 

CRJ presente nas comunidades da capital

O plano de expansão dos Centros de Referência da Juventude é um dos pontos da política pública voltada aos jovens, o “Rio de Juventudes”, elaborado pela Superintendência a partir de 2015, ano em que a pasta de juventude foi incorporada ao esporte e lazer. Os CRJs estão presentes em cinco comunidades do Rio de Janeiro - Cidade de Deus, Manguinhos, Complexo do Alemão, Vila Paciência e no Fumacê, em Realengo. 


  • Fotos

  • 8 fotos | 16/12/2017

    Inauguração do CRJ Petrópolis



Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________