Esporte, Lazer e Juventude

Notícias

Inspirada no sucesso brasileiro, nova geração do vôlei surge nos Jogos Estudantis do Rio de Janeiro

 27/07/2017 - 18:20h - Atualizado em 28/07/2017 - 11:06h

Sistema Elite de Ensino e Centro Educacional da Lagoa levaram a medalha de ouro e seguem como referência na modalidade


 


Time masculino de vôlei do Sistema Elite de Ensino: grupo será o representante do Rio de Janeiro, pela categoria A, nos Jogos Escolares da Juventude, em setembro / Fotos: Divulgação

 

Já faz tempo que o vôlei é o segundo esporte dos brasileiros. A modalidade, que fica atrás do futebol, ganha adeptos a cada ano e também, uma legião de fãs. O sucesso das seleções masculina e feminina do Brasil em competições como a Liga Mundial, onde o país recentemente foi medalha de prata com os homens, inspira os atletas iniciantes. Uma nova geração de jogadores começa a surgir nos Jogos Estudantis do Rio de Janeiro. Com excelentes aproveitamentos, as equipes masculina - Sistema Elite de Ensino, e feminina – Centro Educacional da Lagoa (CEL) venceram o campeonato e levaram, além da medalha de ouro, a classificação para os Jogos Escolares da Juventude, a etapa nacional do torneio estudantil.
 

Estreante na edição deste ano dos Jogos Estudantis, Lucas dos Santos, revela que o nervosismo bateu, principalmente nos jogos finais. Mas que a união entre o grupo foi determinante para a vitória.
 

- Fiquei ansioso para as partidas, já que era meu primeiro ano jogando pelo colégio. Temos uma tradição no vôlei, mas a equipe me ajudou muito. A comissão técnica também fez uma ótima preparação conosco e, com isso, o resultado veio de forma positiva – afirmou Lucas, que é jogador central, de 14 anos.
 

Entusiasta da modalidade, o estudante do nono ano ressalta uma das principais missões do esporte.
 

- Eu acho ótimo ter essa competição estadual. São muitas pessoas disseminando o esporte, que eu tanto amo. Isso é incrível. E ele também nos transmite o valor de disciplina e trabalho, que eu sempre levo para a casa – disse.

 


De acordo com os alunos-atletas, a competição estadual é uma ótima ferramenta para popularizar ainda mais o vôlei

 

Lucas e os companheiros do Sistema Elite de Ensino vão, em setembro, representar o Rio de Janeiro na competição nacional, que é organizada pelo Comitê Olímpico Brasileiro e será realizada na cidade de Curitiba.
 

- Tínhamos treinado bem e mantivemos um ótimo nível ao longo da competição. Como consequência, os jogos foram muito bons. Alguns meninos ficaram nervosos, mas conseguiram corresponder às expectativas e nos classificamos para a etapa nacional, que era um dos nossos objetivos – revelou Lucas, que é jogador central e tem 14 anos.
 

De acordo com o coordenador de esportes do Sistema Elite de Ensino, o programa esportivo cresceu e outras modalidades ganharam espaço, embora o vôlei ainda seja a principal atividade.

 


Modalidade muito praticada pelos brasileiros, o vôlei está presente nos Jogos Estudantis do Rio de Janeiro
 

- O projeto vem crescendo aos poucos e temos o vôlei como carro-chefe das modalidades. Porém, esse ano está sendo implantado também o futsal masculino e feminino, mas, priorizando sempre a vida acadêmica do aluno – afirmou Fernando Barreto. 


  • Fotos

  • 4 fotos | 28/07/2017

    Vôlei nos Jogos Estudantis do Rio de Janeiro



Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________