Esporte, Lazer e Juventude

Notícias

Alunos dos projetos de lutas assistem à pesagem do UFC Rio

 02/06/2017 - 21:53h - Atualizado em 02/06/2017 - 22:20h

Escolas José Aldo e Irmãos Nogueira estão presentes em comunidades do Rio



Secretário de Esporte, Lazer e Juventude, Thiago Pampolha (com o cinturão em mãos), junto com os alunos da Escola de Lutas José Aldo, um dos projetos de artes marciais da Seelje / Fotos: Rogério Santana


 

Os alunos das Escolinhas de Lutas José Aldo e Irmãos Nogueira assistiram, nesta sexta-feira (02/06), a um evento preparatório do UFC Rio. Os dois projetos, da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude (Seelje), integraram a ação social da competição, onde o público doou um quilo de alimento não-perecível e pôde prestigiar a pesagem oficial dos lutadores.
 

- Para os alunos dos projetos de artes marciais, ter contato com estes eventos é um estímulo a mais para que sigam nas aulas ainda mais motivados. O Aldo, como demais atletas, são exemplos do esporte. Ainda que não saiam campeões das nossas escolinhas, as crianças e jovens estão no caminho do esporte e aprendendo valores como a disciplina. A Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude tem orgulho em investir nas novas trajetórias de vida - declarou o secretário Thiago Pampolha.

 



Grupo da Escola de Lutas Irmãos Nogueira também marca presença na pesagem do UFC 212
 

Jhanata Sandes, de 14 anos, é aluna da Escola de Lutas José Aldo, no Complexo da Maré, e apaixonada por esporte. Nascida no Maranhão, a jovem moradora da comunidade da Zona Norte escolheu praticar lutas assistindo o ídolo pela televisão.
 

- Saber que um dia eu posso estar em uma pesagem igual ao Aldo é motivador. Por isso, treino bastante nas aulas do projeto - afirmou a adolescente.
 

Outro aluno, Alan Mura também se inspira no lutador manauara. Com 17 anos e frequentador das aulas de Judô e Muay Thai, o jovem deseja levar a luta como profissão.
 

- É a primeira vez que participo de um evento grande e gostei bastante. Eu já me vejo sendo um lutador do UFC - disse Alan.
 



Com dois anos de existência e funcionando no Complexo da Maré, a Escola de Lutas José Aldo tem cerca de 600 alunos praticando quatro modalidades de artes marciais

 

Alunos do projeto Irmãos Nogueira também presentes

Thamires Rosa está há cinco meses matriculada nas aulas da MMA no núcleo do Complexo do Alemão. Buscou a atividade física como forma de melhorar​ a saúde, mas tomou gosto pelo octógono.
 



Com 21 anos, Thamires é aluna do núcleo do Alemão da Escolinha Irmãos Nogueira e luta MMA
 

- Estar em um evento do UFC e ver se perto os grandes lutadores é uma oportunidade única. Fui pegando tanto gosto pelo esporte que decidi me tornar profissional. Agora, foco total no MMA - revelou Thamires, de 21 anos.
 

- Os núcleos se desenvolveram de forma bastante significativa. Chegamos ao número de mil alunos nas seis comunidades que estamos presentes com a escolinha Irmãos Nogueira. Além de desenvolver vários profissionais das artes marciais, estamos colaborando com a formação de cidadãos​ com disciplina e respeito - Rodrigo Minotauro, um dos padrinhos do projeto, que tem seis núcleos em comunidades do Rio de Janeiro.

 


Nascido em Manaus, no Norte do país, José Aldo é referência de superação e exemplo para crianças e jovens das comunidades do Rio de Janeiro


  • Fotos

  • Alunos dos projetos de artes marciais assistem à pesagem do UFC Rio

    8 fotos | 02/06/2017

    Alunos dos projetos de artes marciais assistem à pesagem do UFC Rio



Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________