Esporte, Lazer e Juventude

Notícias

Escola de Lutas José Aldo completa dois anos no Complexo da Maré

 29/05/2017 - 11:26h - Atualizado em 29/05/2017 - 11:54h

Com 600 alunos, projeto consolida o esporte como ferramenta de transformação social



Crianças e jovens da Maré praticam artes marciais na Escola de Lutas José Aldo, presente há dois anos na comunidade da Zona Norte / Fotos: Rogério Santana

A Escola de Lutas José Aldo comemora dois anos de existência e, desde então, vem mostrando novos caminhos para a juventude. O projeto, no Complexo da Maré, tem cerca de 600 alunos entre oito e 16 anos e oferece quatro modalidades de artes marciais - Jiu-Jistu, Judô, Boxe e Luta Olímpica. Parte do programa de escolinhas da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude (Seelje), a iniciativa é em parceria com lutador e dono do cinturão linear da categoria peso-pena, José Aldo Júnior, que defenderá o título no próximo mês, no Rio de Janeiro.

- Ter a figura do José Aldo em um dos nossos projetos é bastante significativo. Ele representa a superação e surge como exemplo de determinação para nossas crianças e jovens. Nós, da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude, acreditamos que o esporte é essencial para que haja uma transformação social na vida destas pessoas – declarou o secretário de Esporte, Lazer e Juventude, Thiago Pampolha.
 


Desde a inauguração até hoje, o projeto, que é em parceria com a Seelje, contabiliza cerca de 600 alunos com a faixa etária entre 8 e 16 anos



O projeto contempla material esportivo para aulas, como tatames, quimonos e luvas. Com aulas diárias, a direção da Escola de Lutas é de André Pederneiras, técnico que revelou Aldo, enquanto a coordenação é de Daniel Piratiev Alvarez, treinador de luta olímpica da Seleção Brasileira. Daniel detalha como é aceitação do projeto na comunidade da Maré.

- A Escola de Lutas José Aldo continua focada no seu principal objetivo: afastar crianças e jovens da violência. É importante ressaltar que os alunos matriculados em mais de uma modalidade, encontraram-se frequentes em todas as aulas, o que demonstra a vontade de inclusão no esporte, o comprometimento com os alunos e professores e, o mais importante, respeito aos princípios do desporto. Até o momento, não houve nenhum caso de evasão e o projeto, por sua vez, possui uma crescente aceitação comunitária – disse o coordenador da escolinha.

 


Ídolo do UFC, José Aldo é, para os alunos do projeto, símbolo de superação e determinação no esporte



Vidas transformadas pelo esporte

Estudante do 9º ano, Paloma Natsar Farias, que treina na escolinha desde a inauguração, fala sobre como o projeto a ajudou a ter autoestima.

- Quando eu entrei, era extremamente tímida e não tinha confiança em mim. Agora tudo mudou. Sou mais confiante, já que as lutas exigem isso de um lutador. Também melhorei muito na escola, nos meus seminários, trabalhos e apresentações. O projeto me ajudou a formar minha personalidade - revelou Paloma, de 14 anos, uma das mais graduadas da turma.

Arthur Felipe da Silva e Kamily Vitória Medeiros, ambos de 10 anos, têm objetivos iguais: se tornarem judocas e defenderem as cores verde e amarela.

- A escolinha me ajudou a ficar longe da violência. Estou mais responsável e tenho um respeito maior por todos, seja no projeto, em casa ou na escola. Meu sonho é ser um grande judoca, faixa preta igual ao meu mestre, Rodrigo Antunes, professor de judô da escolinha, e participar dos Jogos Olímpicos, representando o Brasil. Me inspiro no José Aldo porque a história dele é incrível – afirmou Arthur.
 


Em 2015, os alunos foram assistir à pesagem dos atletas para o UFC Rio com a participação de outros lutadores

 

Os valores da Escola de Lutas José Aldo estão na ponta da língua de Kamily.

- A escolinha me ajudou a ter humildade, respeito e companheirismo. Fiquei mais disposta, minhas notas na escola só aumentaram e minha família esta cada vez mais confiante em mim para que, no futuro, eu seja uma grande judoca. Esse é meu sonho – disse Kamily. 


  • Fotos

  • Dois anos da Escola de Lutas José Aldo na Maré

    9 fotos | 29/05/2017

    Dois anos da Escola de Lutas José Aldo na Maré



Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________