Educação

Notícias

Educação

Parceria pioneira no país dá início ao Programa Jovem Aprendiz no Teatro

 09/11/2018 - 15:36h - Atualizado em 09/11/2018 - 18:20h

Além da capacitação, os estudantes terão a Carteira de Trabalho assinada e receberão salário


 As secretarias estaduais de Educação (Seeduc), de Cultura, o Ministério do Trabalho, o RioSolidario e o Instituto Arcádia iniciaram o Programa Jovem Aprendiz no Teatro. O projeto ofertará cursos de Aprendizagem e Formação Profissional em Teatro para uma turma de 170 estudantes da rede pública de ensino. Além da capacitação, os estudantes terão a Carteira de Trabalho assinada e receberão salário por meio do Programa Jovem Aprendiz.

A aula magna foi realizada nesta quinta-feira, dia 8, na Biblioteca Parque Estadual do Centro do Rio, onde também acontece a Flup – Feira Literária das Periferias. O evento teve a participação do ator e artista de circo Marcos Frota, que também é assistente especial de direção e atua no filme “O Grande Circo Místico", longa escolhido pelo Brasil para disputar vaga de Melhor Filme Estrangeiro no Oscar 2019.

 

No evento também estiveram presentes o secretário de Estado de Educação, Wagner Victer; o superintendente regional do Ministério do Trabalho no Rio de Janeiro, Alex Bolsas; a diretora-geral do Instituto Arcádia, Adriana Pinto, além de representantes da Secretaria estadual de Cultura e do Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac).

 

Reconhecido pela sua carreira no teatro, televisão, cinema e circo, Marcos Frota falou sobre sua trajetória profissional e incentivou os alunos que participarão do projeto. Ele também comentou sobre a importância do programa.

 

– Esse projeto é uma proposta pioneira e vocês, alunos, estão tendo uma ótima oportunidade. Precisamos de mais arte e cultura em nossas vidas. O universo conspira para quem merece. Aproveitem e façam a diferença – declarou.

Os 170 alunos dos colégios estaduais Professora Maria de Lourdes de Oliveira Tia Lavor e Prefeito Mendes de Moraes, na Ilha do Governador; do Colégio Estadual Vilma Atanázio e do Instituto de Educação Sarah Kubitschek, ambos em Campo Grande, farão a qualificação, que terá duração de 15 meses, totalizando 1.200 horas, com aulas nos turnos da manhã e da tarde. Os estudantes terão aulas teóricas e práticas de interpretação de textos; ensaio de obras dramáticas; desenvolvimento de procedimentos de interpretação e de pesquisas e demonstração de competências pessoais. Além disso, também aprenderão técnicas de direção de teatro e de palco, cenografia, sonoplastia, entre outros ensinamentos aplicados e adotados nos campos da arte e da cultura.

 

– O Programa Jovem Aprendiz no Teatro é pioneiro no país. Ao final do curso, os alunos devem produzir e apresentar uma peça de teatro. A proposta é que os estudantes possam tirar DRT, o registro profissional, após concluírem o curso – frisou o secretário de Estado de Educação, Wagner Victer.

 

O aluno Alisson Santos, de 18 anos, era um dos mais empolgados. Estudante do Colégio Estadual Professora Maria de Lourdes de Oliveira Tia Lavor, na Ilha do Governador, ele revelou que uma de suas metas é seguir a carreira na área de teatro e que o curso vai ajudar a concretizar esse sonho. Já as jovens Vitória Emanuely, 17 anos, Liliane Maria, 15 anos, Liviane Moura, 17 anos, e Thamires Rodrigues, 17 anos, do Colégio Estadual Prefeito Mendes de Moraes, também da Ilha do Governador, apresentaram orgulhosas suas carteiras de trabalho assinadas. Elas garantiram que o curso vai ajudar no desenvolvimento profissional e pessoal.

 

O superintendente regional do Ministério do Trabalho do Rio de Janeiro, Alex Bolsas, reforçou a ideia e objetivos do Programa Jovem Aprendiz no Teatro, principalmente no campo profissional.

 

– Quando o terreno é bom e a semente é boa, o fruto plantado vai vingar. E assim será com este projeto. Tenho certeza de que dessas turmas sairão diversos atores e trabalhadores do setor artístico – afirmou.

 

O presidente do Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac), Marcus Monteiro, destacou a possibilidade de transformação que uma capacitação desta oferece. Segundo ele, além da chance de os jovens aprenderem a atuar, a iniciativa possibilitará a chance de “mudar o mundo”.

 




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________