Educação

Notícias

Educação

Melhores alunos da rede são premiados com notebooks

 27/09/2011 - 22:05h - Atualizado em 28/09/2011 - 12:47h
 » Alícia Barroso

Premiação simbólica aconteceu nesta terça-feira no Theatro Municipal


Fotos: Marcia Costa

 

A Secretaria de Estado de Educação promoveu nesta terça-feira (27/09), no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, a entrega simbólica de notebooks para os alunos que se destacaram na última Avaliação Externa do Desempenho Escolar, o Saerj 2010. O evento contou com presença do governador do Estado do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, do secretário de Estado de Educação, Wilson Risolia, e da secretária de Estado de Cultura, Adriana Rattes.

 

 

No total, 216 alunos de vários municípios do Estado estiveram presentes no evento para receber o prêmio, representando os 20.645 que serão contemplados com um notebook em todo o Estado. A distribuição dos computadores para os outros selecionados será realizada pelas diretorias regionais até o fim do ano letivo.

 

– São 20 mil heróis que se dedicaram e se destacaram entre mais de 1 milhão de alunos. Nós temos que dar oportunidade a todos, mas é muito importante premiar aqueles que se destacam – afirmou o governador Sérgio Cabral.

 

Durante o encontro, os alunos da rede estadual assistiram à exibição do filme “Luzes da Cidade”, de Charles Chaplin, com acompanhamento da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal.

 

Criado em 2009, o Prêmio Saerj reconheceu nessa etapa o bom desempenho dos alunos de cada ano do segundo segmento do Ensino Fundamental; das três séries do Ensino Médio Regular; fases equivalentes do EJA – Ensino de Jovens e Adultos, além do último ano do Ensino Normal. Esse desempenho foi medido por meio da avaliação diagnóstica Saerj – Sistema de Avaliação da Educação Básica do Estado do Rio de Janeiro –, que acontece todos os anos, com provas elaboradas pelo Centro de Políticas Públicas de Avaliação da Educação, da Universidade Federal de Juiz de Fora, e aplicadas no final de cada ano letivo.

 

– O Rio de Janeiro passa por um momento muito singular com a proximidade das Olimpíadas e, por isso, é importante revolucionar a Educação. Vocês são os trabalhadores do futuro – disse o secretário Wilson Risolia aos estudantes presentes na premiação.

 

Da cerimônia simbólica, participaram alunos dos municípios de Araruama, Barra Mansa, Belford Roxo, Campos dos Goytacazes, Duque de Caxias, Nova Friburgo, Queimados, Rio de Janeiro, São Gonçalo, Santo Antonio de Pádua, Teresópolis e Vassouras.

 

O estudante Douglas César Pio fez a prova do Saerj quando cursava a 3ª série do Ensino Médio pelo Colégio Estadual Gustavo Barroso, em Belford Roxo. Ele, que atualmente cursa o 2º período de Engenharia da Computação na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), já faz planos de como vai utilizar seu notebook:

 

– Ele será muito útil para a faculdade. Eu já estava mesmo precisando de um, porque no meu curso utilizamos o laptop em sala de aula. Tenho certeza de que meu rendimento vai melhorar muito – revela o estudante.

 

Já Railane Nogueira, que também fez o Saerj quando cursava a 3ª série do Ensino Médio pelo Colégio Estadual Frederico Azevedo, de São Gonçalo, acredita que, com um computador só para ela, os estudos renderão ainda mais:

 

– Antes eu tinha que dividir o computador lá de casa com os meus irmãos, mas agora terei muito mais tempo para estudar e fazer pesquisas.

 

Para a diretora Maria de Fátima Duarte, do Colégio Estadual Gustavo Barroso, a premiação é uma forma de estimular os alunos:

 

– Trata-se de uma forma de motivá-los a participar do Saerj e a se dedicarem ainda mais aos estudos.

 

 

Sobre a Premiação Saerj

 

A Premiação Saerj teve início em 2008, quando o Governo do Estado do Rio de Janeiro decidiu implantar um projeto que incentivasse os alunos a participarem das avaliações anuais que a rede estadual de ensino instituiu com o objetivo de diagnosticar a realidade educacional do Estado, permitindo a formulação, o monitoramento e a reformulação das Políticas Públicas Educacionais.

 

Desde essa data, 9.553 alunos foram contemplados com notebooks entregues em diversas regiões do Estado, em encontros que reuniram estudantes, professores, pais e responsáveis. O sucesso do projeto aumentou a participação dos alunos na avaliação e ampliou o número de contemplados nos anos seguintes, ajudando a redirecionar trajetórias pedagógicas nas escolas e a planejar ações educativas mais eficientes.

 

 

Sobre as avaliações diagnósticas

 

As avaliações externas, em larga escala, são utilizadas em vários países, em suas redes de educação, por oferecerem aos gestores um conjunto de informações que permitem definir e orientar a implementação de Políticas Públicas destinadas a elevar a qualidade do ensino oferecido no sistema educacional.

 

Com a finalidade de elevar a qualidade do ensino nas escolas, situando-a em patamares compatíveis com as reais necessidades da população fluminense e com a importância sócio-econômica e cultural que esta unidade federada assume no cenário nacional, a Secretaria de Estado de Educação desenvolve, regularmente, a Avaliação Externa das suas unidades escolares.

 

As avaliações do SAERJ são instrumentos que produzem resultados e indicadores de proficiência escolar relevantes. O sistema garante condições de comparabilidade, ao longo do tempo, com as avaliações nacionais, fornecendo informações qualificadas para que os gestores da Seeduc possam diagnosticar problemas e necessidades no sistema educacional. A partir dos resultados, é possível redirecionar trajetórias pedagógicas nas escolas e planejar ações educativas mais eficientes.

 

Como esta avaliação não faz parte da rotina acadêmica, ou seja, seu resultado não entra no boletim escolar, a Secretaria de Estado de Educação resolveu adotar um sistema de incentivo aos alunos com melhor desempenho, premiando-os, com a finalidade de estimular a participação dos alunos nesta avaliação e de motivá-los ao estudo.

 

A medida constitui, ainda, um importante avanço na direção das metas de inclusão digital e, consequentemente, nas metas da democratização do sistema de ensino. Os critérios de premiação foram estabelecidos após estudo técnico para cálculo da estimativa de premiação. 


  • Fotos



Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________