Educação

Notícias

Educação

Rede pública estadual de ensino terá Curso Técnico em Transporte Aquaviário

 25/01/2018 - 15:55h - Atualizado em 25/01/2018 - 15:56h
 » Foto: Marcia Costa

Nova qualificação técnica, integrada ao Ensino Médio, será implantada no Colégio Estadual Infante Dom Henrique, em Copacabana


 

Alunos da rede estadual de ensino poderão se especializar em Transporte Aquaviário. O Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seeduc), e a Fundação de Estudos do Mar (Femar) firmaram, nesta quarta-feira, dia 24, convênio para realizar o curso técnico. A nova qualificação, integrada ao Ensino Médio, será implantada no Colégio Estadual Infante Dom Henrique, em Copacabana, na Zona Sul do Rio.

 

A iniciativa é pioneira na rede pública do Estado do Rio de Janeiro e vai oferecer formação técnica em tempo integral, articulada com os três anos do Ensino Médio. Com o curso, os alunos estarão qualificados para atuar em portos e terminais marítimos – dando suporte à organização, coordenação e fiscalização da movimentação de cargas e transportes – e também para exercer cargos de supervisão e chefia de operações portuárias.

 

– Essa parceria servirá como um laboratório. A expectativa é aumentar o número de estudantes beneficiados, ampliando o curso para outras regiões, inclusive para cidades próximas do Porto do Açu, em São João da Barra – afirmou o governador Luiz Fernando Pezão.

 

Em um mercado de trabalho que exige trabalhadores especializados, os futuros profissionais poderão atender à demanda de empresas privadas de transporte de mercadorias, de agências marítimas e de órgãos reguladores.

 

As disciplinas técnicas do curso serão ministradas pelos professores da Escola Técnica de Estudos do Mar (Etemar), vinculada à Femar. A grade curricular inclui também aulas práticas no Centro de Simuladores da Fundação. A primeira turma já inicia a formação técnica neste ano letivo de 2018 e vai receber 40 estudantes.

 

Para o secretário de Estado de Educação, Wagner Victer, o curso abrirá portas para um mercado em expansão.

 

– Ao concluir o Ensino Médio, os alunos estarão preparados para responder à demanda de uma área que precisa de profissionais tecnicamente habilitados. É mais uma importante opção de qualificação entre as diversas que a rede estadual de ensino vem oferecendo aos nossos estudantes – destacou Victer.

 

Segundo o presidente da Femar, Almirante de Esquadra Airton Teixeira Pinho Filho, oferecer aos jovens essa opção de qualificação técnica é motivo de orgulho e satisfação profissional, pois além de a Fundação transmitir conhecimentos ligados ao mar, contribuíra, também, para o desenvolvimento da mentalidade marítima no país e na sociedade.

 




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________