Educação

Notícias

Educação

Escolas estaduais promovem cadastro no Programa Identidade Jovem

 18/08/2017 - 08:41h - Atualizado em 18/08/2017 - 09:24h
 » Fotos: Ricardo Garcez

Ações foram realizadas em unidades de ensino da capital do Rio de Janeiro e da Região Serrana


Equipes da Secretaria de Estado de Educação (Seeduc), da Secretaria de Esporte Lazer e Juventude e das prefeituras do Rio de Janeiro e de Petrópolis realizaram mutirões de cadastramento no Programa Identidade Jovem (ID Jovem), que beneficiará milhares de jovens com meia-entrada em eventos artísticos, culturais, de lazer e esportivos. Milhares de alunos foram atendidos.

O Colégio Estadual Julia Kubitschek, no centro do Rio de Janeiro, foi uma das unidades de ensino que serviram de base para o cadastro. Um mural na entrada da escola explicava como conseguir o ID Jovem. As estudantes Dianna Yara, de 15 anos, e Joyce Pires, de 16 anos, aprovaram a realização do cadastramento. Ambas já têm o hábito de ir a eventos culturais e artísticos, mas não conheciam o programa. Segundo elas, o mutirão de ações foi importante para divulgar os benefícios e estimular a adesão de estudantes.

Além da meia-entrada, o ID Jovem também concede duas vagas gratuitas e duas vagas com 50% de desconto em passagens interestaduais. A possibilidade de pagar meia passagem de ônibus em viagens para outros estados animou as estudantes Victória Talita, de 16 anos, e Ingrid Graziely, de 18 anos, também do C.E. Julia Kubitschek. As alunas já estão programando os locais que pretendem visitar e shows musicais que desejam assistir.

De acordo com o secretário de Estado de Educação, Wagner Victer, o Programa iniciou na capital do Rio de Janeiro e será estendido a outros municípios. Aproximadamente, 800 mil jovens poderão ser beneficiados por atenderem aos critérios exigidos para inscrição no ID Jovem.

– O ID Jovem é fruto de uma parceira entre o governo estadual e seus diversos municípios com o Governo Federal. A Secretaria de Educação vai trabalhar alinhada à Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude e prefeituras municipais para estimular a adesão dos jovens. É um programa que trará muitos benefícios aos estudantes – declara o secretário de Estado de Educação, Wagner Victer.


Como aderir ao Programa
Para participar do Programa ID Jovem, o interessado deve estar inscrito no Cadastro Único do Governo Federal, o CAD-ÚNICO, ter renda familiar de até dois salários mínimos e possuir o Número de Identificação Social (NIS), que pode ser consultado no Cartão Cidadão, no extrato do FGTS, na Carteira de Trabalho e no próprio aplicativo da ID Jovem. Qualquer jovem que atenda aos critérios de cadastramento pode participar do Programa ID Jovem e não precisa sequer ser aluno da rede pública de ensino.

O documento também será gerado através de um aplicativo para smartphone, que transformará o aparelho no próprio cartão. Para usar este recurso basta apresentar a imagem do cartão, dentro da validade, na tela do celular no momento da aquisição do bilhete ou ingresso, acompanhada de documento oficial com foto. Assim, o usuário terá garantidos os benefícios da meia-entrada, conforme disposto no Decreto 8.537/2015.


ESCOLAS ONDE ACONTECEU O CADASTRAMENTO

RIO DE JANEIRO
Zona Oeste

- Colégio Estadual Vicente Januzzi – Barra da Tijuca
- Colégio Estadual Leopoldina da Silveira – Bangu
- Colégio Estadual Professora Jeannette de Souza Coelho Mannarino – Campo Grande
- Colégio Estadual Carlos Arnoldo Abruzzini da Fonseca – Nova Sepetiba
- Colégio Estadual Barão do Rio Branco – Santa Cruz
- Colégio Estadual Professora Maria Terezinha de Carvalho – Praça Seca, Jacarepaguá

Zona Norte
- Colégio Estadual Professora Maria de Lourdes de Oliveira Lavor – Tia Lavor – Ilha do Governador
- Colégio Estadual Antônio Prado Júnior – Praça da Bandeira
- Colégio Estadual Paulo Freire – Cachambi
- Ciep 092 - Federico Fellini – Tomás Coelho
- Colégio Estadual Olga Benário Prestes – Bonsucesso
- Instituto de Educação Carmela Dutra – Madureira
- Colégio Estadual Marechal João Baptista de Mattos – Acari
- Colégio Estadual Professora Diuma Madeira Salles de Souza – Parque Anchieta
- Escola Municipal Clotilde Guimarães – Ramos

Zona Sul
- Colégio Estadual Pedro Álvares Cabral – Copacabana

Centro
- Colégio Estadual Júlia Kubitschek – Centro

REGIÃO SERRANA
PETRÓPOLIS

- Colégio Estadual Dom Pedro II – Centro

Documentos necessários
Para inclusão ou atualização do Cadastro Único, os responsáveis devem apresentar CPF ou Título de Eleitor e comprovante de residência. Demais membros da família devem apresentar qualquer um dos seguintes documentos: Certidão de Nascimento ou de Casamento; CPF; Título de Eleitor; Carteira de Identidade ou Carteira de Trabalho. Em caso de criança em idade escolar ou que esteja estudando, também dever ser apresentada declaração escolar.




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________