Educação

Notícias

Educação

Colégio Estadual Amaro Cavalcanti se destaca em competições

 30/10/2012 - 12:37h - Atualizado em 30/10/2012 - 12:47h
 » Texto e fotos: Ramon Mendonça

Alunos tiveram bons resultados na Olimpíada Nacional em História do Brasil e nas Olimpíadas Escolares


O Colégio Estadual Amaro Cavalcanti, no Catete, vive um período de grandes mudanças. A diretora geral da unidade, Silvia Cabral, tem se destacado como um bom exemplo de gestora. Ela passou no processo seletivo para diretor geral, realizado pela Secretaria de Estado de Educação, e está à frente da unidade desde julho de 2010.

Desde o início da sua gestão, algumas mudanças foram feitas na unidade escolar. As quadras utilizadas para a prática esportiva foram reinauguradas, em 2011, e foram construídas duas salas multimídias para os professores desenvolverem melhor os trabalhos com os alunos. Segundo ela, as ferramentas pedagógicas oferecidas pela Seeduc, como a formação continuada para professores e o material da Gestão Integrada da Escola (GIDE), são fundamentais. Este ano, os servidores do colégio receberam remuneração variável por metas alcançadas em 2011.


- Não tive nenhum tipo de resistência na escola. Acho importante que os professores entendam que temos o objetivo de fazer um bom trabalho. Sabemos que ainda há muito trabalho a ser feito, mas, hoje em dia, os estudantes têm uma direção presente para poder ajudá-los no que for necessário – explicou Silvia Cabral.


A diretora enfatizou a boa qualidade dos alunos da unidade escolar e ressaltou que, atualmente, os professores se sentem mais estimulados a elaborar projetos pedagógicos com os estudantes.


- Nossos alunos são muito bons. Nossas turmas do 3º ano são muito focadas no futuro profissional. Acredito que o auxílio da Seeduc serviu como estímulo para os professores realizarem mais projetos. Só este ano, participamos das olimpíadas de Filosofia, Matemática, Química e da História do Brasil, além da Olimpíadas Escolares. Nestas últimas tivemos grandes resultados – completou a diretora.


Olimpíada Nacional em História do Brasil


O C.E Amaro Cavalcanti obteve um resultado significativo na 4ª Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB). A competição aconteceu durante os meses de agosto e setembro, e foi composta por seis fases. O colégio foi representado por 15 alunos, distribuídos em cinco equipes. Dois times chegaram à quinta etapa da competição.


Cerca de 60 mil estudantes de 1.029 municípios participaram da competição. As cinco primeiras fases tiveram uma semana de duração cada e foram realizadas pela internet. A última etapa (presencial) foi realizada dia 20 de outubro, no campus da Universidade Estadual de Campinas – Unicamp, em São Paulo.


Durante as fases realizadas pela internet, as equipes participantes, compostas por três estudantes e um professor orientador, tiveram que analisar documentos e outras fontes primeiras da história – fotos e textos – para resolver questões de múltipla escolha. A metodologia permitia aos estudantes e professores trabalhar como historiadores. A fase final é constituída de questão dissertativa.


A 4ª Olimpíada Nacional de História do Brasil foi promovida pela Unicamp, em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ), o Ministério da Educação, a Fundação Biblioteca Nacional, a Rede Globo e a Editora FDT.


Para a professora de História e orientadora de três grupos, Silvana Mesquita, o resultado das equipes participantes foi muito satisfatório.

- Sou apaixonada por História. Quando tive a ideia de inscrever os alunos, tive o amparo da direção e a ajuda da professora Mirtes Palmeira, que foi orientadora de duas equipes. O comprometimento dos alunos foi o diferencial. O envolvimento e disponibilidade tinham que ser total, principalmente porque a Olimpíada não podia ser realizada em horário de aula. A maioria das equipes teve um ótimo desempenho – afirmou a professora.


A aluna Ana Cecília Isidoro, da 2ª série do Ensino Médio, gostou muito de ter participado da competição, mas disse que o curto espaço de tempo para resolver as questões dificultou a realização das tarefas.


- A competição foi muito boa, principalmente por eu ter feito mais amigos no colégio. Tivemos a oportunidade de conhecer melhor os estudantes de outras turmas durante a elaboração das respostas. Acho que se o tempo fosse maior, conseguiríamos chegar à sexta fase – disse a aluna.


Olimpíadas Escolares


Outro resultado de destaque na escola foi o 3º lugar conquistado na fase regional das Olimpíadas Escolares, na modalidade Volêi de Praia masculino. A competição aconteceu no último dia 21, na praia do Leme. O evento é uma parceria entre a Secretaria Estadual de Educação (Seeduc), Secretaria Estadual de Esporte e Lazer (SEEL) e Secretaria Estadual de Saúde (SES). Paulo Yuri e Thales de Carvalho ganharam a primeira medalha do C.E Amaro Cavalcanti nas Olimpíadas Escolares, após quatro jogos difíceis.


Os dois estudantes são moradores da Ilha de Paquetá e pegam a primeira barca às 5h15 da manhã para chegar à escola. A diretora adjunta e professora de Educação Física Márcia Rodrigues acompanhou os estudantes na competição e falou que a dupla tem talento para conseguir melhores posições.


- Eles se saíram muito bem. Os outros competidores já tinham jogado até torneios nacionais. Mesmo sem experiência em competições, ele conquistaram o terceiro lugar. Tenho certeza que, no próximo ano, com mais treinamento, eles estarão entre as duas primeiras colocações – disse a diretora.


Paulo Yuri, da 1ª série do Ensino Médio, afirmou que os jogos não foram fáceis.


- O apoio da escola foi muito importante para conseguirmos esse resultado. A professora Márcia nos ajudou bastante. O fato de morarmos perto da praia nos ajudou nos treinamentos, mas a força de vontade de todos nós foi fundamental – concluiu Paulo Yuri.
 




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________