Educação

Notícias

Educação

Alunos da rede participam da 6ª edição do Parlamento Juvenil

 07/08/2012 - 15:51h - Atualizado em 07/08/2012 - 15:59h
 » Michelle Lorencini

Representantes de 70 municípios apresentaram suas propostas


Fotos: Cris Torres

 

Os alunos da rede estadual iniciaram, nesta terça-feira (07/08), a participação na sexta edição do Parlamento Juvenil, um projeto desenvolvido pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), em parceria com a Secretaria de Estado de Educação. Esta edição conta com 70 participantes, selecionados entre os 1.500 alunos inscritos, com idade entre 13 e 21 anos.


Segundo a coordenadora de Esporte e Cultura da Seeduc, Cinthia Rodrigues, o objetivo do projeto é incentivar o debate político entre os jovens.


- O mais bacana é que esse projeto desperta a educação política, amplia a visão de mundo e incentiva a questão da cidadania. Os alunos têm a oportunidade de vivenciar a jornada parlamentar na prática, realizando audiências, debatendo e votando em plenário – afirmou a coordenadora.


Ao contrário das edições anteriores, este ano não foi definido um tema para a apresentação dos projetos de lei. Até esta sexta-feira (10/08), os estudantes terão as mesmas atribuições de um deputado estadual e irão discutir e aprimorar os projetos de sua própria autoria. Apenas as propostas de três parlamentares serão aprovadas e encaminhadas para apreciação do governador Sérgio Cabral.


- A política não é construída nos discursos, mas nas ações. São projetos dessa natureza que fazem com que a juventude possa debater sobre seus ideais e expectativas. Essa experiência é única. Espero que essa seja uma estrada que tenha continuidade e que possamos nos encontrar no meio dela – disse o presidente da Alerj, deputado Paulo Melo.


Representando a Metropolitana VI, que abrange diversos bairros do município do Rio de Janeiro, a aluna Amanda Ribeiro Rosas, do C.E. Brigadeiro Schorcht (Taquara), acredita que esta é uma grande chance de ampliar o conhecimento.


- Esse projeto nos possibilita conhecer novas ideias, novas metodologias. Além disso, ele estimula a participação dos jovens na política, o que não vem ocorrendo. A política é a base, é o que move a nossa sociedade – afirmou a estudante.


Sobre o Parlamento Juvenil


Criado em 1998, o Parlamento Juvenil é um projeto da Alerj em parceria com a Secretaria de Estado de Educação, que envolve as escolas estaduais de todos os municípios do estado. O objetivo é a formação política dos jovens com intenção apartidária e totalmente autônoma. O projeto segue os mesmos moldes de um parlamento convencional, com eleição da Mesa Diretora, regimento interno e votação em plenário.


As eleições se dão em duas fases: o primeiro turno ocorre dentro das escolas. Todas as turmas podem participar e apresentar seus candidatos. Nesta fase, é escolhido o candidato que vai representar cada escola. No segundo turno, a disputa se dá entre os candidatos das escolas participantes.

 




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

PROGRAMAS E AÇÕES

_____________________   Participe das redes sociais   _____________________