Desenvolvimento Econômico

Notícias

Governo do Rio quer atrair empresas start-ups

 18/04/2012 - 11:46h - Atualizado em 18/04/2012 - 11:46h

Incentivos e linhas de financiamento serão oferecidos para empreendedores com projetos na área de tecnologia da informação e de energia renovável


O Rio de Janeiro quer ter um Vale do Silício, semelhante à região californiana onde estão localizadas as sedes de empresas como o Google e o Facebook, entre inúmeras outras. A afirmação foi feita pelo governador Sérgio Cabral durante cerimônia que homenageou o site Peixe Urbano pelo empreendedorismo nos últimos dois anos.


- Vamos criar um conselho para avaliar propostas, conceder incentivos e mesmo linhas de financiamentos para jovens empresas se desenvolverem na cidade dentro do conceito start-up – disse o secretário de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços, Julio Bueno, aproveitando a solenidade para anunciar o programa de apoio a empresas start-ups, que será lançado oficialmente em breve.


Segundo o secretário, será lançado um edital internacional para identificar empreendedores que receberão recursos a fundo perdido para desenvolverem seus projetos. Os recursos serão provenientes de entidades de pesquisa como a Faperj ou mesmo por meio do Sebrae. Além disso, a agência de fomento Investe Rio, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, criará uma linha de financiamento específica para atender a esta demanda, tornando-se sócia do empreendimento por um tempo limitado.


A ideia é que o conselho composto por representantes do governo estadual, municipal e as instituições parceiras identifiquem os potenciais projetos que receberão os recursos dentro de duas linhas principais: a tecnologia de informação e a energia renovável.


O Peixe Urbano, segundo o secretário, é um excelente exemplo de empresa que poderá surgir a partir de incentivos como este e que são de interesse do governo atrair para o Estado do Rio de Janeiro. Criada há dois anos, a empresa trouxe prêmio inédito para a América Latina, reconhecida como “Melhor Startup Internacional” pelo Crunchies Awards, principal premiação dos Estados Unidos para organizações jovens da área de internet e tecnologia.


No território fluminense, a empresa está presente, entre outras cidades, no Rio, Niterói, Petrópolis, Teresópolis, Friburgo, Barra Mansa, Resende, Volta Redonda, Campos dos Goytacazes, Macaé e Rio das Ostras. No Rio, a organização já conta com uma equipe reunindo quase 500 pessoas, cuja idade média é de 27 anos. Com sua atuação, a empresa tem proporcionado aos seus mais de 20 milhões de usuários uma economia superior a R$ 1,5 bilhão – dos quais R$ 250 milhões só para moradores do estado do Rio de Janeiro –, além de centenas de vagas de emprego.


- A empresa é um típico exemplo da economia do século XXI que o Estado do Rio de Janeiro quer atrair – finalizou o secretário, em cerimônia que contou com a presença do governador Sérgio Cabral e do vice-governador Luiz Fernando Pezão.

 

 




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________