Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social

Notícias

Assistência Social

CONSEA realiza encontro preparatório sobre segurança alimentar

 28/09/2017 - 13:33h - Atualizado em 29/09/2017 - 11:09h
 » Geovana Martins

Desafios para a consolidação do Sistema Nacional de Segurança Alimentar no Rio foram discutidos


Garantir o acesso ao alimento adequado e saudável para a família, esse foi o intuito do encontro do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional do Estado do Rio (CONSEA/RJ), nesta quinta-feira (28), no auditório do Cedim. Durante o evento, foram debatidos com os conselheiros e representantes de entidades da sociedade civil a implantação do Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional no estado e os preparativos para a próxima Conferência Estadual. De dois em dois anos é realizado essa avaliação do que foi aprovado nas conferências nacional e estadual, como uma forma de acompanhamento contínuo.


Para a presidente do CONSEA/RJ, Rosa Maria Cordeiro Alvarenga, a parte central desse evento é o diálogo sobre a construção e o fortalecimento do SISAN nos munícipios.


- Para garantir uma política de segurança alimentar é preciso aumentar o número de adesão dos municípios do estado do Rio de Janeiro. De 92 municípios, somente Volta Redonda e Duque de Caxias aderiram ao SISAN. É preciso de explicar a importância do sistema para cada cidade para aumentarmos esse número de adesões - destacou Rosa Maria Cordeiro Alvarenga.


Participaram do encontro 17 municípios. Representando a subsecretária de Articulação Institucional, Maria de Fátima Oliveira, da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Social, a assistente social, Karine Costa, ressaltou o trabalho em conjunto de todos os municípios.


- Quem tem fome tem pressa. Nós temos leis, mas, como fazer para colocá-las na prática? O único caminho é trabalhar em parceria para trocar experiências e interesses em comum - afirmou Karine Costa.


A subsecretária de Integração de Programas Sociais da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Social, Shirlei Aparecida Martins, destacou a luta pelo direito à alimentação saudável.


- É muito importante expandir o número de municípios e traçar políticas públicas para combater a fome - disse Shirlei Aparecida Martins.


No Brasil, os 27 estados aderiram ao Sistema de Segurança Alimentar e Nutricional, totalizando 221 municípios atuando para combater a fome. O vice-prefeito e secretário de Assistência Social de Volta Redonda, Maycon Abrantes, destacou a importância da entrada do seu município no SISAN.


- Uma pessoa com fome, sem condições de realizar uma refeição por dia é muito grave. É preciso ter políticas públicas para combater a fome. Temos mais de 10 mil famílias em situação de vulnerabilidade no nosso município, por isso, a nossa busca pela implementação e o trabalho efetivo do SISAN - ressaltou Maycon Abrantes.


Ainda durante o evento, os participantes de cada município levaram alimentos preparados com produtos de suas cidades, para valorizar a cultura local.




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________