Cultura

Notícias

Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro apoia o Carnaval Carioca, a maior festa popular do planeta

 02/03/2017 - 12:03h - Atualizado em 02/03/2017 - 12:03h

As escolas de samba do Rio de Janeiro, nessa época do ano, são o coração da cultura do nosso Estado e devem ser incentivadas e motivadas


 O samba, reconhecido como patrimônio cultural do país, conta com apoio da Lei de Incentivo à Cultura do Governo do Estado do Rio de Janeiro, através da Secretaria de Estado de Cultura. O Edital da Lei de Incentivo, desde 2013, permite a apresentação de projetos culturais vinculados ao carnaval incluindo desfiles, dos grupos especial e de acesso, e também os relacionados aos blocos de rua.

Conforme legislação, os proponentes podem receber recursos da Lei de Incentivo que variam de R$ 8 mil a R$ 800 mil dependendo das características de cada projeto, do pleno atendimento aos dispositivos legais e de comprovação de captação de recursos por empresa patrocinadora apta a investir em projetos através da Lei. Na edição deste ano, duas escolas cariocas se inscreveram e foram contempladas, a Vila Isabel e a Mangueira.

 

A Vila apresentou projeto voltado para o fomento à manutenção das matrizes do samba do Rio de Janeiro, na ação de confecção do desfile para o carnaval de 2017 com o enredo ? ?O Som da Cor? onde cantará na Marquês de Sapucaí ?a origem africana dos estilos musicais no continente americano?. O objetivo é subsidiar parte da realização do desfile da Unidos de Vila Isabel, com a confecção de alegorias, fantasias e adereços da escola que une as comunidades do Morro dos Macacos, Pau da Bandeira, Caminho, Terreirinho, dentre outras.

 

Valor captado: R$ 500.000,00 - 80% de benefício fiscal/20% contrapartida (artigo 8° Decreto n° 44.013/2013)

 

Já para a Mangueira, o apoio é voltado para a distribuição de fantasias para comunidade no carnaval no período de fevereiro de 2017. O valor também se aplicará conjuntos cenográficos, instalações elétricas para iluminação e deslocamentos de alegorias. E ainda para criar e confeccionar as fantasias, adereços, calçados  a serem utilizados pelos componentes. Aparelhar a bateria com os instrumentos necessários ao bom desempenho de sua atividade.

 

Valor captado: R$ 400.000,00 (AMBEV S.A) - 80% de benefício fiscal/20% contrapartida (artigo 8° Decreto n° 44.013/2013)

 

As escolas de samba do Rio de Janeiro, nessa época do ano, são o coração da cultura do nosso Estado e devem ser apoiadas e motivadas. Além disso, o apelo popular envolvido é enorme, ainda mais se tratando de incentivo para custear programas da comunidade.




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________