Assistência Social e Direitos Humanos

JUVENTUDE


Tem por objetivo apresentar novas perspectivas de futuro para a juventude, através da inclusão social de jovens de comunidades de baixa renda


O desafio de pensar espaços de juventude de modo amplo, crítico e inovador mobilizou a Superintendência de Estado de Políticas Públicas para a Juventude a criar o Centro de Referência da Juventude (CRJ). Atualmente em dez comunidades do Rio de Janeiro, os CRJs tem como objetivo principal apresentar novas perspectivas de futuro para a juventude, através da inclusão social de jovens de comunidades de baixa renda, em situação de risco social e/ou pessoal. O método desenvolvido pelos centros valoriza as especificidades de cada localidade e por isso os equipamentos são montados dentro de cada comunidade, livres de barreiras, privilegiando a criatividade, idéias e gerando oportunidades sociais e econômicas para a juventude desses territórios.

Para isso, o Centro de Referência da Juventude executa cursos, atividades esportivas e culturais com estratégias socioeducativas para agir na formação de valores e atitudes, buscando, assim,uma alteração de perspectiva e a ruptura de condutas de risco social e individual. O CRJ também se coloca como facilitador no acesso aos serviços públicos e privados e com a escola em suas demandas e desafios.

Em 2011, A SEASDH inaugurou quatro novos CRJs no Estado. O primeiro foi o da comunidade da Providência, seguido pelo do Complexo do Alemão, que funciona em uma das estações do teleférico da comunidade. O programa também chegou à comunidade da Vila Ipiranga, em Niterói,na Região Metropolitana, e a Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. O primeiro CRJ inaugurado em 2012 é o de Silva Jardim, na Baixada Litorânea.
 




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

_____________________   Participe das redes sociais   _____________________