Assistência Social e Direitos Humanos

Programa Renda Melhor



 

 

 

 

O Programa Renda Melhor, elaborado pela Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos a partir de orientação do Governador Sérgio Cabral, é parte integrante do Plano de Erradicação da Pobreza Extrema no Rio de Janeiro e tem como objetivo assistir com benefício financeiro as famílias que são integrantes do Programa Bolsa Família, do Governo Federal. O Governo do Rio de Janeiro visa assim alinhar-se ao desafio nacional pela superação da pobreza extrema, lançado pelo Governo Federal, com o Plano Brasil Sem Miséria.

 

As famílias atendidas pelo Renda Melhor são as que mais precisam de um apoio para superar a situação de pobreza extrema. Os benefícios podem variar de R$ 30 a R$ 300, de acordo com a condição de vida de cada família.

O Governo do Rio de Janeiro entende que a pobreza não é apenas uma baixa renda mensal. Estar na pobreza é também não ter acesso à moradia adequada, à educação, à saúde, a um trabalho decente e ao saneamento básico.

 

As necessidades de uma família com crianças e idosos são diferentes daquelas famílias compostas apenas por adultos. E tudo isso é levado em conta para definir quanto cada família deve receber do Renda Melhor.

 

Além do benefício mensal do Renda Melhor, o plano de erradicação da pobreza extrema do Estado do Rio de Janeiro inclui também Programa Renda Melhor Jovem>, realizado em parceria com a Secretaria de Educação, que oferecerá incentivo financeiro para o jovem se mantenha no fluxo regular de ensino e conclua o Ensino Médio.

 

O Plano será implementado em caráter piloto em três municípios no ano de 2011: O primeiro município a ser beneficiado será Japeri, que tem o pior IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do Estado, onde cerca de 27% das famílias, o que corresponde a 9.785 famílias, são beneficiadas pelo Programa Bolsa Família, do governo federal e 5.536 famílias serão beneficiadas pelo Programa Renda Melhor.

 

Seguido por Belford Roxo e São Gonçalo, o programa vai atender cerca de 50 mil famílias, no ano de 2011 e serão investidos cerca de R$ 35 milhões. O Governo do Estado do Rio de Janeiro pretende estender gradativamente o programa para outras cidades fluminenses.




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

PROGRAMAS E AÇÕES

_____________________   Participe das redes sociais   _____________________