Assistência Social e Direitos Humanos

Notícias

Alunos com deficiência intelectual recebem certificado de estágio

 30/03/2017 - 16:30h - Atualizado em 30/03/2017 - 16:47h
 » Adriana Petersohn

Projeto prepara jovens especiais para o mercado de trabalho


Aconteceu nesta quinta-feira (30/03), no Auditório da Cedae, a Cerimônia de Formatura da 1ª Turma de 12 alunos Aprendizes Legal com Deficiência. Eles foram submetidos a um estágio com duração de 17 meses nas dependências da Cedae, para se ambientarem a rotina de trabalho dos cursos de auxiliar de serviços gerais e de escritório. Durante esse período eles foram assistidos por agentes do Núcleo de Inclusão Laboral da Escola Favo de Mel.

 

O desempenho deles foi considerado além da média, favorecendo uma mudança do olhar no ambiente de trabalho, tornando mais humanizado e acolhedor. Todos os funcionários da Cedae que interagiram com eles reconhecem que pessoa portadoras de deficiência tem potencial. Ao mesmo tempo, a experiência serviu para o jovem se afirmar profissionalmente, provando que são capazes de ocupar qualquer cargo ou carreira que se propuserem a tentar.

 

Jorge Henrique da Costa, de 31 anos, aluno da Favo de Mel, foi um dos jovens que concluiu o estágio. Segundo sua mãe, Rosemere Rodrigues, a tarefa mudou a rotina do jovem para melhor. “Notei que ele amadureceu. Ele se prepara para o dia de trabalho com disciplina e pretende fazer estágio em outra área”.

 

Segundo o presidente da Cedae, Jorge Briard classificou como uma experiência positiva para todos. “São agradáveis no dia e dia e dedicados ao aprendizado”. Na empresa hoje, cerca de 5% das vagas é destinada ao programa.

 

A primeira dama do estado e presidente do RioSolidário Maria Lucia Horta Jardim acredita que parcerias como esta são a solução para enfrentarmos as dificuldades do momento e transformar vidas. “Acredito que as pessoas têm plenitude ao se sentirem útil, integradas e ao serem tratadas de igual para igual”.

 

A Escola Favo de Mel da FAETEC, oferece capacitação profissional para jovens com deficiência intelectual. Dos 12 formandos, 10 são da escola. Para o diretor de Educação Especial professor Ubirajara Cabral, ver os alunos avançando nesse processo de inclusão, nos dá orgulho e satisfação.

 

Após o curso profissionalizante, eles estão qualificados a entrar no mercado de trabalho, a concorrer em processos seletivos de qualquer empresa que destine vagas aos portadores de deficiência.

 

O projeto para inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho contou com a parceria da Faetec com o Centro de Integração Empresa Escola (CIEE), Cedae, Rio Solidário e Fundação Roberto Marinho. O convênio foi renovado e mais 10 alunos estão iniciando atividades nas dependências da Cedae.


  • Fotos

  • site1_formatura_favodemel.jpg

    4 fotos | 30/03/2017

    Formatura Favo de Mel e Cedae



Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________