Administração Penitenciária

Notícias

Museu Penitenciário da Seap participa da 16ª Semana de Museus

 21/05/2018 - 12:13h - Atualizado em 21/05/2018 - 12:24h
 » Divulgação

O evento contou com palestras e visitas de escolas


O Museu Penitenciário da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) participou da 16ª Semana de Museus. Durante a última semana, o museu recebeu visita de escolas e realizou uma palestra com o tema “Violência contra a mulher” para os visitantes.


A palestra contou com a presença da psicóloga da Seap, Flavia Gallo, coordenadora do Núcleo de Mediação e Solução de Conflitos na Escola de Gestão Penitenciária (EGP) e da diretora da Unidade Materno Infantil (UMI), Ana Faulhaber. As palestrantes apresentaram casos do cotidiano e indicaram caminhos para se combater a violência contra a mulher. Ana Faulhaber contou que existem ações que podem garantir proteção à mulher vítima de violência doméstica e distribuiu panfletos do Projeto Violeta do Tribunal de Justiça, com participação da juíza Adriana Mello.


O projeto tem como objetivo acelerar a tramitação das medidas protetivas de urgência para garantir a segurança da mulher vítima de agressões. “É muito importante instruir as mulheres sobre esse assunto porque muitas são vítimas e não têm coragem de denunciar ou sair do ciclo de violência, que não escolhe classe social. A palestra ajuda as mulheres a refletir sobre seus relacionamentos, empoderando-as a ajudar outras que possam estar sofrendo com este tipo de relação”, explicou a diretora.


A psicóloga Flavia Gallo ressaltou, “a agressão contra mulher reflete uma relação de violência, onde as pessoas envolvidas no conflito necessitam de apoio para elaborar seus sentimentos, interesses e desejos para que possam atuar de forma colaborativa e empoderada”, disse.


No último dia da comemoração, os alunos da Fundação para a Infância e Adolescência (FIA) do curso Programa de Trabalho Protegido na Adolescência (PTPA) estiveram presentes. Eles assistiram ao vídeo institucional do Museu e participaram de uma palestra com Flavio de Oliveira Silva, que já foi interno do Degase. “O fato de eu ter passado desde a infância por muita coisa, me dá o prazer de dividir essas experiências com os jovens. Quem sabe, quando tiverem passando por uma situação difícil, decidam não ir para o caminho errado, lembrando o meu exemplo”, disse ele.


Os alunos foram acompanhados pela professora Sandra Feitosa e pela coordenadora da unidade Ipanema da FIA, Clara Clarice. “A visita foi muito proveitosa. O fato de eles conhecerem a história das prisões e ver que muita coisa não mudou e até piorou nos dias de hoje, pode ajudá-los a refletir. Alguns deles moram em comunidades e sofrem assédios para seguir o caminho errado. A palestra também contribui para mostrá-los o lado ruim desse tipo de vida”, avaliou Clara.


A visita mediada foi conduzida por uma Inspetora Penitenciária, que contou a história do museu e tirou dúvidas dos alunos. O Museu conta com 249 peças em exposição, mais de 1.200 em reserva técnica, além de 1.661 peças bibliográficas. O acervo também oferece fotos antigas do sistema prisional e toda a história do inspetor de segurança e administração penitenciária.


Para mostrar o universo das prisões com um pouco mais de detalhe, a exposição conta com materiais ilícitos apreendidos com visitantes e presos nas unidades prisionais, desde celulares a objetos utilizados para fuga.


O MPERJ fica na Rua Frei Caneca, nº 401, Estácio, Centro da Cidade. O funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h. As visitas mediadas podem ser agendadas pelo telefone (21) 2333-7472 ou pelo e-mail: cepegpseap@gmail.com
 


  • Fotos

  • 2 fotos | 21/05/2018

    Museu Penitenciário da Seap participa da 16ª Semana de Museus



Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________