Administração Penitenciária

Notícias

Seap e CEDAE realizam formatura do Curso de Restauração Florestal em unidade prisional

 17/01/2019 - 15:10h - Atualizado em 17/01/2019 - 15:24h
 » Carolina Motta

Trinta e cinco internos foram qualificados


A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), através da Fundação Santa Cabrini, em parceria com a CEDAE, realizou na manhã desta quinta-feira, 17 de janeiro, a formatura de 35 internos no curso de Restauração Florestal, na Colônia Agrícola Marco Aurélio Vergas Tavares de Mattos, em Magé.

 

O curso, que faz parte do Programa “Replantando Vidas”, além da preocupação ambiental, promove a inclusão social e profissional dos detentos, que trabalham de forma remunerada e podem remir suas penas. A cada três dias de trabalho, o apenado reduz um dia de pena.

 

A atividade contou com seis módulos e carga horária de 158 horas, sendo 80 horas de aula teórica e 78 horas de aula prática.

 

Essa ação, realizada no Viveiro Florestal Dorothy Stang, localizado em uma área de 30 hectares e com capacidade de produzir cerca de um milhão e trezentas mil mudas/ano, já formou mais de 3.000 alunos e garante que estes atuem no plantio de mudas de 80 espécies da Mata Atlântica nas margens dos rios Guandu e Macacu, para recuperar as matas ciliares nas bacias destes mananciais, que são responsáveis pelo abastecimento da Região Metropolitana do Rio. Os alunos aprendem sobre o planejamento de viveiros florestais, técnicas de semeadura, entre outras atividades.

 

Um dos mais entusiastas do projeto, o diretor da Unidade Prisional André Luis Monjardim enalteceu o evento e agradeceu a ajuda dos parceiros. “Agradeço a Seap e a todos os parceiros, pois a nossa riqueza é o conhecimento e esse curso tem um nível muito elevado do ensino. Agarrem essa oportunidade!”, disse.

 

O Coordenador do Programa Replantando Vidas, Alcione Duarte contou sobre a iniciativa. “Temos parceiros e professores capacitados que abraçaram a ideia de capacitar os internos do sistema prisional com aulas na área ambiental. Esse diploma poderá abrir portas para um futuro melhor”, ressaltou.

 

A Presidente da Fundação Santa Cabrini, Patrícia Freitas, responsável pelo gerenciamento do trabalho e cursos da Seap, falou da conquista dos alunos. “Parabenizo por mais essa etapa concluída, pois essa parceria com a CEDAE mostra a ajuda na reinserção social e na transformação. Que os alunos sejam contaminados com o bichinho da educação”, falou.

 

No encerramento, três alunos representaram a turma e receberam os diplomas. O Subsecretário Geral da Seap, Leonam Leão de Oliveira comentou a importância das atividades de ressocialização. “Esse é mais um passo importante no processo de ressocialização dos presos, pois é um curso de alto nível técnico e de conhecimento. Que os alunos aproveitem a chance e que tenhamos mais turmas”, concluiu.

 


  • Fotos

  • 3 fotos | 17/01/2019

    Seap e CEDAE realizam formatura do Curso de Restauração Florestal em unidade prisional



Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________