Ambiente

Notícias

Ambiente

Projeto De Olho no Lixo chega à comunidade do Vidigal, na Zona Sul do Rio

 24/05/2018 - 10:23h - Atualizado em 24/05/2018 - 10:23h
 » ASCOM SEA/INEA

O Projeto De Olho no Lixo chega ao Vidigal. Depois da Rocinha e da Maré, agora é a vez dessa comunidade, com uma das vistas mais bonitas do Rio, cuidar de seus resíduos!


 O Projeto De Olho no Lixo chega ao Vidigal. Depois da Rocinha e da Maré, agora é a vez dessa comunidade, com uma das vistas mais bonitas do Rio, cuidar de seus resíduos!

 

O pontapé inicial foi dado no último sábado (19/5) com a realização de várias atividades de educação ambiental promovidas no Vidigal pelo Projeto De Olho no Lixo. Foi realizado um mutirão de limpeza por agentes ambientais desse projeto na localidade conhecida como Jaqueira de onde foi retirada, com apoio da Comlurb, uma tonelada de resíduos.

 

Além dessa ação, com o objetivo de incentivar o morador a dar correta destinação ao seu óleo de cozinha usado, o projeto ofereceu como brinde uma garrafa de cloro para cada morador que entregou o seu óleo usado devidamente acondicionado em uma embalagem para os agentes ambientais presentes no evento. O material foi doado para uma cooperativa da Rocinha onde o mesmo é usado como insumo para produção de sabão pastoso.

 

Durante o evento, os moradores puderam conhecer o resultado dos cursos Funk Verde e Ecomoda realizados na Rocinha: o Projeto De Olho no Lixo fez uma exposição dos instrumentos musicais, roupas e acessórios produzidos pelos alunos a partir da reutilização de resíduos.

 

“O Projeto De Olho no Lixo nasceu na Rocinha e foi aprovado pelos moradores. A metodologia utilizada por essa iniciativa deu certo e agora o projeto está sendo ampliado para outras comunidades do Rio. No dia 19 iniciamos a primeira atividade no Vidigal com um mutirão de limpeza. O projeto terá continuidade com a implementação da coleta seletiva pelos nossos agentes ambientais e a realização dos cursos Funk Verde e Ecomoda ”, explicou a coordenadora de projetos socioambientais do Viva Rio, Márcia Rolemberg.

 

O Projeto De Olho no Lixo é fruto de cooperação técnica firmado entre a Secretaria de Estado do Ambiente, o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e o Viva Rio Socioambiental, com recursos da Associação dos Supermercados do Estado do Rio de Janeiro (Asserj). A iniciativa desenvolve, na Rocinha, trabalho de manejo correto dos resíduos sólidos, visando a minimizar o impacto negativo provocado pelo lixo.

 

Além da coleta de lixo, que é realizada por 30 agentes socioambientais que já recolheram, de maio de 2016 até hoje, 888 mil quilos de resíduos em pontos estratégicos da Rocinha, o Projeto De Olho no Lixo tem outro eixo de atuação que é o de educação ambiental, cultura e comunicação que pretende evitar a continuidade de lançamento dos resíduos pelos moradores e transformando lixo em arte e renda.

 

Para isso, são desenvolvidos na comunidade dois cursos gratuitos: Funk Verde que oferece oficinas de percepção sonora com o uso de instrumentos musicais confeccionados a partir do reaproveitamento de resíduos sólidos; e o Ecomoda, voltado para a capacitação em produção de acessórios e peças de vestuário, a partir do reaproveitamento de retalhos, tecidos, jeans usados e banners.

 

Nas oficinas de Funk Verde, já foram produzidos cerca de 80 instrumentos musicais com destaque para a cuíca confeccionada com canos PVC, um tipo de resíduo da construção civil; o pandeiro produzido com garrafa pet em substituição ao couro animal e latas de tinta que foram transformadas em caixas.

 

Já nas oficinas do Ecomoda, foram criadas mais de 400 peças de vestuário, entre calças, vestidos, blusas e bolsas, além de acessórios.

 

 

Projeto De Olho no Lixo – Baía de Guanabara

 

Na comunidade Roquete Pinto, o projeto De Olho no Lixo – Baía de Guanabara tem por objetivo capacitar jovens para atuarem como protetores da Baía de Guanabara. Atualmente, cerca de 58 jovens já foram preparados pelo projeto e assumiram o compromisso de proteger a baía através de um plano de educação ambiental construído por eles.

 

O Projeto De Olho no Lixo – Baía de Guanabara desenvolve ações de educação e sensibilização ambiental para evitar o lançamento de resíduos sólidos na baía. O projeto é uma iniciativa da Secretaria de Estado do Ambiente e do Inea, e tem como parceiros o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o Instituto Brasileiro de Administração Municipal (Ibam).

 

 

Assita o vídeo mostrando como foram as ações no Vidigal




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________