Ambiente

Notícias

Inea lança base de dados espaciais

 05/04/2018 - 14:34h - Atualizado em 05/04/2018 - 14:34h
 » ASCOM SEA/INEA

Informações, acessíveis a especialistas e cidadãos comuns, podem ajudar no planejamento urbano e ambiental de regiões


O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) lançou, nesta quarta-feira (4/4), a sua base de dados espaciais, elaborada em parceria com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), disponível no portal Geoinea (www.inea.rj.gov.br/portalgeoinea). O site foi lançado em um evento realizado no auditório do Inea, no Centro do Rio, que contou com a presença de aproximadamente cem pessoas, entre pesquisadores, representantes de prefeituras, de instituições de pesquisa e das Universidades Federais Fluminense (UFF) e do Rio de Janeiro (UFRJ).

 

O portal tem como objetivo promover e facilitar o compartilhamento dos dados geoespaciais produzidos pelo órgão ambiental estadual, atendendo um público que abrange a sociedade, o poder público, as instituições de pesquisa e a iniciativa privada, dentre outros usuários que utilizem dados georreferenciados.

 

A iniciativa tornou-se realidade desde que o Inea fez a adesão junto à Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais – INDE. Desta forma, o órgão ambiental estadual utiliza a infraestrutura do servidor de dados disponibilizado pelo Governo Federal para armazenar e estruturar os dados de forma padronizada, atendendo as especificações da Legislação Federal vigente sobre a temática.

 

Através desse site, o usuário poderá visualizar, fazer busca no catálogo de metadados, elaborar mapas rápidos, fazer download dos dados georreferenciados em formatos como shapefile, kml, Geotiff, entre outros. Além disso, o usuário também poderá conhecer mais sobre os dados geoespaciais produzidos pelos parceiros como a Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais (INDE).

 

O presidente do Inea, Marcus Lima, ressaltou que o órgão ambiental estadual produz muitas informações que, a partir de agora, através desse portal, poderão ser compartilhadas com a população:

 

“Trata-se de uma iniciativa muito avançada em termos de gestão de território, de ecossistema, e acredito que esse portal seja uma dívida que estamos liquidando junto à sociedade que é o de oferecer mais transparência àquilo que o Inea produz”, destacou Marcus Lima.

 

“O site irá disponibilizar para qualquer cidadão, pesquisador e instituições de ensino, informações que irão nortear o planejamento urbano, o planejamento ambiental e o zoneamento de uma determinada região”, afirmou o diretor de Biodiversidade, Áreas Protegidas e Ecossistemas do Inea, Paulo Schiavo.

 

“O órgão ambiental estadual é produtor de informações, como por exemplo, mapa de uso e cobertura da terra, quantificação da cobertura florestal, captações para abastecimento público, dentre outras questões, que poderão ser acessadas por qualquer pessoa. O Portal Geoinea será progressivamente ampliado e periodicamente atualizado, e o usuário poderá se cadastrar para receber notícias sobre o compartilhamento de novas informações”, ressaltou a coordenadora de Gestão de Território e Informações Geoespaciais do Inea, Marie Ikemoto.

 

“Uma ferramenta como o portal Geoinea é de fundamental importância para todos aqueles que querem estudar, ou que querem planejar as políticas sobre questões sociais, ambientais e econômicas distribuídas no território fluminense e a parceria com o IBGE foi importante inclusive na própria construção da base cartográfica que é a informação básica que irá suportar todas as outras informações temáticas”, explicou o diretor de Geociências do IBGE, Wadih João Scandar Neto.A interface de compartilhamento dos dados é uma aplicação elaborada na plataforma do ArcGis Online da Esri, que busca levar o usuário aos dados que necessita. Nessa aplicação estão presentes os dados produzidos pelo INEA-RJ, bem como de outros órgãos que possuem geoserviços de dados complementares aos do órgão estadual ambiental, como, por exemplo, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a Agência Nacional de Águas (ANA), e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

 




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________