Ambiente

Notícias

Ambiente

Inea deflagra operação para coibir construções irregulares na praia Paraty-Mirim

 05/01/2018 - 16:25h - Atualizado em 05/01/2018 - 16:25h
 » Redes Sociais SEA/INEA

O Instituto Estadual do Meio Ambiente (Inea) realizou, nesta quinta-feira (4/1), uma megaoperação para a desarticulação de construções irregulares de quiosques na areia da praia de Paraty-Mirim, no Sul Fluminense.


A operação, deflagrada em conjunto com policiais da 4ª Unidade de Policiamento Ambiental (UPAm) e técnicos da Secretaria de Meio Ambiente de Paraty, foi motivada por uma denúncia encaminhada através das comunidades tradicionais presentes na localidade, que é próxima à Reserva Ecológica Estadual da Juatinga.

 

No local, Israel Motta Grogião, 69 anos, responsável pelas construções, foi autuado administrativamente e conduzido para a Delegacia de Polícia em Paraty. As construções foram embargadas e o material utilizado nas obras apreendido.

 

O Inea contou com a participação de técnicos da Diretoria de Biodiversidade, Áreas Protegidas e Ecossistemas; da Gerência das Unidades de Conservação; da Superintendência Regional Baía da Ilha Grande; e a Reserva Ecológica Estadual da Juatinga.

 

A praia de Paraty-Mirim abriga a Igreja Nossa Senhora da Conceição, a mais antiga de Paraty, e é próxima à aldeia indígena Tekon Tatim Guarani-Mbya. Segundo a Constituição do Estado do Rio de Janeiro de 1989, artigo 268, as praias fluminenses e cariocas são Áreas de Preservação Permanente.

 




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________