Ambiente

Notícias

Inea lança site com informações sobre os parques estaduais do Rio de Janeiro

 04/12/2017 - 15:10h - Atualizado em 04/12/2017 - 15:10h
 » Redes Sociais SEA/INEA

Inea lança site com informações sobre os parques estaduais do Rio de Janeiro


Os apaixonados pelo turismo ecoturismo no estado do Rio de Janeiro ganharam um importante presente nesta quinta-feira (30/11). O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) lançou, no Museu do Amanhã, um site voltado para os parques estaduais do Rio de Janeiro. Na ferramenta, os cidadãos carioca e fluminense, os agentes de viagens e as pessoas ligadas a esportes de aventura encontrarão todos os tipos de informações sobre os parques administrados pelo Inea. 

 

No endereço eletrônico ​​www.inea.rj.gov.br/visiteparquesestaduais estão informações gerais sobre as unidades de conservação e seus atrativos. Com uma linguagem voltada para o turista e para o visitante, o site mostra como chegar nos parques, as atrações de cada um deles, além do que é possível fazer nos locais e nas cidades onde ele está localizado. Há informes atualizados voltados para a visitação e o guia de condutores credenciados pelo Inea que trabalham nos locais.

 

Os interessados também poderão fazer as busca pelos atrativos como praias, cachoeiras, trilhas (há informações sobre o grau de dificuldade de cada uma delas), montanhas e lagos. As aves não estão de fora. Um guia dedicado à elas mostra as espécies de cada unidade de conservação. Tudo isso pode ser visualizado por um mapa interativo.

 

Para o presidente do Inea o site será fundamental para aproximar a população dos parques, colaborando para uma maior valorização do meio ambiente. “A gente tem procurado focar em um movimento que é trazer as pessoas para dentro das unidades de conservação. A gente viveu no passado agressões muito fortes ao ambiente, que levaram à necessidade de criar restrições muito fortes ao uso dos recursos naturais. Hoje, a gente tem que dar mais valor às unidades que permitem o acesso das pessoas e a utilização de seus recursos. Para que as pessoas passem a valorizar um determinado bem é importante que elas conheçam esse bem. Se não permitirmos que a sociedade entre nos parques e conheçam, dentro dos limites necessários de proteção, fica difícil que essa sociedade seja parceira nessa proteção. Se a gente não superar quem perde é o meio ambiente”, declarou Marcus Lima.O diretor de Biodiversidade, Áreas Protegidas e Ecossistemas do Inea também acredita que o site vai mostrar aos visitantes o real valor da natureza. “Cada um que conhecer a unidade, tem que divulgar. Com esse site, a gente derruba uma muralha, a gente cada vez mais aproxima as pessoas daquilo que as unidades de conservação têm de melhor a oferecer, que é o prazer de estar em contato com a natureza. Espero que todos curtam isso, usem isso e cada vez mais atuem como difusores”, afirmou Paulo Schiavo.

 

Coordenadora do projeto do site, a gerente de Visitação, Negócios e Sustentabilidade do Inea, Manuela Tambellini, falou sobre a importância da ferramenta. O site é um convite concreto da implantação de uma política pública voltada para o meio ambiente. A gente vem arrumando a casa há muito tempo. Só que não adianta arrumar a casa sem dar endereço, dizer como chegar, o que fazer, o que levar, o que encontrar lá de fato. Como vender se não tem ferramenta? Precisa mostrar. Hoje a gente tem. Agora a gente convida, mostra como chegar, mostra o que tem para fazer, o que oferecemos, as cidades que fazem parte. Agora, convidamos e damos o endereço de fato. As pessoas vão encontrar tudo”.

 

O Inea administra 20 unidades de conservação de proteção integral no Estado do Rio de Janeiro, no site o visitante poderá ter informações sobre 11 parques, além da Reserva Ecológica Estadual da Juatinga. São eles: Parques Estaduais da Pedra Branca, situado na Zona Oeste do Rio; do Mendanha, na Baixada Fluminense; Serra da Concórdia, no Médio Paraíba; da Ilha Grande, no Sul Fluminense; da Costa do Sol, na Região dos Lagos; dos Três Picos, na Região Serrana do Rio; Cunhambebe, no Sul Fluminense; Serra da Tiririca, na Região Metropolitana do Rio (abrange partes dos municípios de Maricá e Niterói); da Pedra Selada, no Centro Sul Fluminense; da Lagoa do Açu e do Desengano, ambos situados no Norte Fluminense; e a Reserva Ecológica Estadual da Juatinga na paradisíaca cidade de Paraty, no Sul Fluminense.

 

​Veja mais: conheça o novo site sobre os parques estaduais do RJ​
 




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________