Ambiente

Notícias

Inea deflagra operação para reprimir construções irregulares na Baixada Fluminense

 29/11/2017 - 10:53h - Atualizado em 29/11/2017 - 10:53h


O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) deflagrou, nesta sexta-feira (24/11), uma operação de fiscalização na Baixada Fluminense. O objetivo foi  reprimir ocupações irregulares às margens do Rio Iguaçu, entre os municípios de Duque de Caxias e Belford Roxo. A ação contou com apoio do Comando de Polícia Ambiental (CPAm).

 

A operação também teve a finalidade de coibir construções e aterros  irregulares em uma área construída pelo Inea denominada de pôlder, que recebe água do Canal do Outeiro em período de chuvas intensas, evitando inundações.

 

A equipe do Inea e policiais do CPAm estiveram no bairro Pilar, em Duque de Caxias, onde constataram duas irregulares: um terreno onde estavam dispostos ilegalmente resíduos da construção civil e uma loja de material de construção. As duas atividades foram suspensas. Foram apreendidos quatro caminhões, uma pá mecânica, uma retroescavadeira e uma escavadeira.

 

Duas pessoas foram presas e conduzidas à 60ª Delegacia de Polícia onde prestaram esclarecimentos. Elas responderão por crime ambiental com base no Artigo 60 (Construir, reformar, amplicar ou fazer funcionar estabelecimentos, obras ou serviços potencialmente poluidores sem licença...), da  Lei de Crimes Ambientais (Lei 9.605 de 1998). Elas também foram multadas pelo Inea

 

Veja mais: conheça o trabalho das UPAms​

 



Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________