Ambiente

Notícias

Ambiente

Secretaria do Ambiente entrega nova viatura para reforço do Prove

 11/09/2017 - 17:22h - Atualizado em 11/09/2017 - 17:22h
 » Redes Sociais SEA/INEA

Programa Ambiente Solidário amplia coleta e reciclagem de óleo de cozinha em cinco municípios no norte e noroeste fluminense


 O Programa Ambiente Solidário, da Secretaria de Estado do Ambiente (SEA), acaba de ceder uma van 0 Km para cooperativas de catadores e coletores de óleo vegetal das regiões Norte e Noroeste fluminense. Agora, com maior mobilidade, as cooperativas poderão ampliar a coleta de óleo de cozinha usado a ser destinado à reciclagem, através do Prove - Programa de Reaproveitamento de Óleos Vegetais.

 

Em 29 de agosto, representantes das cooperativas regionais, beneficiários do convênio, acompanhadas do padre Geraldo Gualandi, da paróquia Nossa Senhora do Rosário de Fátima, em Itaperuna e responsável pelo programa local "Nosso Óleo, Nosso Rio", receberam a nova viatura, identificada com as marcas oficiais, para operação do Prove no norte e noroeste do Estado.

 

Apoio para geração de emprego e renda
Durante a visita, o pároco aproveitou para agradecer todo o apoio dado pela Secretaria do Ambiente, às cooperativas de catadores e coletores de óleo vegetal nos municípios de Itaperuna, Laje do Muriaé, Porciúncula, Italva e São José do Ubá.

 

"Com parcerias firmadas com cooperativas do interior do Estado, o Ambiente Solidário e o Prove ampliam a sua presença em diversas regiões e o volume de óleo coletado", afirmou o coordenador do programa Ambiente Solidário e superintendente de Resíduos Sólidos da SEA, Ricardo Alves.

 

O Prove foi criado pela SEA, com o objetivo de dar destinação correta e evitar o despejo de óleo de cozinha usado nos rios. Ao estimular a coleta do óleo e a utilização do óleo reciclado na produção de sabão e de fontes alternativas de energia, como o biodiesel, a iniciativa também proporciona a geração de emprego e renda.

 

O Prove fomenta a criação de cooperativas de coleta seletiva de resíduos sólidos e óleo de cozinha e inserção social para os catadores organizados. A Secretaria do Ambiente também criou outra ação para impulsionar o programa: inseriu o Prove no cálculo do ICMS Ecológico. Os municípios que avançarem na coleta de óleo poderão ter maior repasse do tributo estadual.

 

Atualmente a maior parte do óleo vegetal é despejada em ralos, comprometendo as tubulações dos edifícios e das redes de tratamento de esgoto. Nas regiões onde não há rede coletora, o óleo vai diretamente para os rios e lagoas, aumentando significativamente a poluição e a degradação ambiental.

 

O Programa Ambiente Solidário da SEA tem como objetivos a defesa ambiental, a geração de trabalho e renda e a promoção da parceria entre os agentes públicos, terceiro setor, empresas e entidades representativas.

 

 

Veja mais: conheça o Programa Ambiente Solidário




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________