Ambiente

Notícias

Ambiente

​Programa de Olho no Lixo, da Secretaria de Estado do Ambiente, leva moda e música à 1ª Virada Sustentável no Rio de Janeiro

 13/06/2015 - 00:00h - Atualizado em 13/06/2017 - 12:56h
 » Ascom SEA/INEA

Programa que atua em três comunidades busca incentivar iniciativas sustentáveis e sensibilização ambiental da população


 O Programa de Olho no Lixo, ação da Secretaria de Estado do Ambiente (Sea), abriu a programação da 1ª Virada Sustentável do Rio no espaço Favela Hub, no Morro do Cantagalo, em Ipanema, na Zona Sul, nesta sexta-feira (09/06). Realizado nas comunidades da Rocinha, da Roquete Pinto e da Praia de Ramos o "De Olho no Lixo" age com ações integradas de iniciativas sustentáveis buscando a sensibilização ambiental dos moradores das áreas onde atua e de seus entornos.

 

Quem foi ao local, participou dos eixos de arte-educação do programa: o Funk Verde e o Ecomoda. Também houve uma exposição de fotos, a demonstração de horta suspensa feita com garrafas plásticas, quebra cabeça dos municípios da Baía de Guanabara, e uma apresentação que explicou como o De Olho no Lixo começou em cada área onde atua.  

 

O primeiro projeto a se apresentar foi o Ecomoda. Alunos do curso fizeram um desfile pelo Favela Hub, arrancando aplausos e admiração dos presentes. A oficina oferece aulas de produção de peças de vestuários e acessórios a partir do reaproveitamento de retalhos, tecidos, jeans e outros materiais como banners, por exemplo. O Ecomoda procura agregar às roupas um conceito sustentável reaproveitando 100% do material utilizado, buscando o mínimo impacto ambiental. Os participantes também são incentivados a pensar em como empreender o produto feito nas aulas.

 

“Participar da Primeira Virada Sustentável foi muito importante para nós. Criamos um diálogo com outra comunidade. Houve a integração das pessoas da Rocinha, da Roque Pinto e do Cantagalo, que desfilaram durante o evento. Mais uma vez falamos da importância da atenção em relação ao planeta no que diz respeito ao ambiente, no sentido de uma mudança do olhar estético sobre o resíduo”, declarou o coordenador do Ecomoda, Almir França.

 

O desfile terminou com os modelos participando também do Funk Verde. O projeto, além da sensibilização ambiental, dá formação musical aos participantes, com aulas de percussão e teoria musical. Os alunos criam os instrumentos através do material que encontram, chegando o mais perto possível da sonoridade dos instrumentos industrializados.

 

 “A Virada Sustentável é o futuro. Estar aqui é muito importante. Muito bom a integração dos projetos, a linguagem de cada um, cada história se juntando em prol do meio ambiente. Essa união é fundamental. Depende de todos nós. Se cada um fizer a sua parte, o meio ambiente agradecerá”, afirmou a coordenadora do Funk Verde, Regina Café.

 

Joana de Souza é moradora do Cantagalo. Ela estava em casa e foi ao Favela Hub ao ouvir o som da música do Funk Verde. Chegando ao local, se encantou também com os modelos do Ecomoda. “Achei muito legal. Não sabia que a gente podia fazer do lixo tanta coisa boa. O que não serve mais para uma pessoa vira instrumento e roupa para outra. Muito bom isso. Tomara que vocês venham para cá também”, afirmou.

 

O programa De Olho no Lixo Rocinha é fruto de cooperação técnica entre a Secretaria de Estado do Ambiente (SEA), Instituto Estadual do Ambiente (INEA) e o Viva Rio Socioambiental, com recursos da Associação dos Supermercados do Estado do Rio de Janeiro (Asserj).

 

Já o programa De Olho no Lixo Baía de Guanabara, realizado nas comunidades Roquete Pinto e Praia de Ramos, no Complexo da Maré, tem como parceiros o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM) e o Programa de Saneamento dos Municípios do Entorno da Baía de Guanabara (PSAM).


  • Fotos

  • 3 fotos | Ambiente | 13/06/2017

    ​Programa de Olho no Lixo, da Secretaria de Estado do Ambiente, leva moda e música à 1ª Virada Sustentável no Rio de Janeiro



Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________