Ambiente

Notícias

Ambiente

Instituto Estadual do Ambiente realiza consulta pública para criação do Refúgio da Vida Silvestre Estadual da Serra da Estrela, em Petrópolis

 04/04/2015 - 00:00h - Atualizado em 04/04/2017 - 15:57h
 » Ascom SEA/INEA

Unidade de conservação forma um corredor natural entre a Reserva Biológica Federal do Tinguá e o Parque Nacional da Serra dos Órgãos


 Nesta sexta-feira (31/03), o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) promoveu a primeira consulta pública para a criação do Refúgio de Vida Silvestre (REVIS) Estadual da Serra da Estrela, em Petrópolis, na Região Serrana do Rio. A reunião foi realizada no Teatro Dom Pedro, no Centro da Cidade Imperial, onde foi apresentado abertamente à população a importância da criação da unidade de conservação para a proteção do importante trecho de floresta na Serra da Estrela.

 

A serra forma um importante corredor natural, localizado entre a Reserva Biológica Federal do Tinguá e o Parque Nacional da Serra dos Órgãos. Com aproximadamente cinco mil hectares, a nova unidade de conservação abrangerá partes dos municípios de Petrópolis, Magé e Duque de Caxias.

 

“A criação dessa unidade de conservação além de proteger esse importante patrimônio ambiental que é a Serra da Estrela vai ao encontro do grande potencial turístico que a região possui. Mesmo sendo de proteção integral, os visitantes terão a oportunidade de vivenciar o contato com a natureza e contemplar a exuberante beleza dessa nova unidade de conservação, o que se torna positivo para o desenvolvimento de toda a região”, destaca o secretário de Estado do Ambiente licenciado, André Corrêa.

 

A proposta de criação REVIS da Serra das Estrelas tem o objetivo de fornecer suporte à fauna e flora nativas, endêmicas de Mata Atlântica, além do refúgio às espécies migratórias, raras e ameaçadas de extinção. Entre as espécies nativas da região, destacam-se o sapinho pingo-de-ouro (Brachycephalus margaritatus), entre os anfíbios; o pixoxó (Sporophila frontalis) e o macuco (Tinamus solitarius) entre as aves e o sagui-da-serra-escura (Callithrix aurita) e o mico-leão-dourado (Leontopithecus rosalia) entre os mamíferos.

 

“Para nós, a interação homem e natureza está intimamente relacionada à proteção da biodiversidade e dos serviços ambientais. Tudo sob os olhares dos técnicos e especialistas, e da população como um todo”, disse o presidente do Instituto Estadual do Ambiente, Marcus Lima.

 

A população de Petrópolis recebeu positivamente a proposta de criação do REVIS Estadual da Serra da Estrela, elaborada pela empresa de consultoria Essati Engenharia Ltda. As próximas consultas públicas para a criação desta nova unidade de conservação serão realizadas nos municípios de Magé e Duque de Caxias.


  • Fotos

  • 4 fotos | Ambiente | 04/04/2017

    Instituto Estadual do Ambiente realiza consulta pública para criação do Refúgio da Vida Silvestre Estadual da Serra da Estrela, em Petrópolis



Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

  

 

PROGRAMAS E AÇÕES

___________________   Participe das redes sociais    _____________________