Imprensa RJ

Notícias

Procon

Procon autua 27 estabelecimentos em dois dias de fiscalização

 10/08/2018 - 17:22h - Atualizado em 10/08/2018 - 17:23h

Fiscalização ocorreu em bairros das Zonas Norte e Oeste do Rio


Nesta quinta e sexta-feira (09 e 10/08), os fiscais do Procon Estadual vistoriaram ao todo 40 estabelecimentos. Destes, 12 foram autuados na quinta e hoje mais 15 locais apresentaram irregularidades. Os fiscais estiveram na Cadeg, Benfica, Abolição, São Cristóvão, Bangu, e Jacarepaguá.


Hoje, os fiscais estiveram na Cadeg, em Benfica, e autuaram o restaurante La Parrilla del Mercado, que, apesar de ter sanado as irregularidades encontradas em fiscalização anterior, continuava a utilizar botijões de gás, o que não tem autorização para usar. Por isso, teve a a saída de gás do botijão interditada. Também foi constatada ausência de tela de proteção na janela do segundo andar e na área de preparo de alimentos. Este último local também estava com azulejo da parede quebrado.
 

Na quinta-feira, os fiscais vistoriaram quatro bancos em Jacarepaguá: uma filial do Bradesco (Estrada de Jacarepaguá, 7850), duas do Itaú (Estrada de Jacarepaguá, 7783, e Rua Tirol, 7) e uma da Caixa Econômica Federal (Estrada de Jacarepaguá, 7845). Todas apresentaram um problema em comum, a autenticação de boletos não era feita no próprio documento, sendo anexada em outra via.


Na fiscalização de ontem, não foram encontradas irregularidades nos seguintes estabelecimentos: Bradesco (Av. Dom Helder Câmara, 7287 – Abolição), Escola Cachinhos de Ouro (Rua Glaziou, 161 – Pilares), Crianças e Cia (Av. Dom Helder Câmara, 7817 – Abolição), Forno do Pão (Estrada dos Três Rios, 1156 – Freguesia), Irreverente Lanches (Praça Professora Camisão, 49 – Freguesia), La Mole (Estrada de Jacarepaguá, 7636 – Freguesia), Tem Kilo (Estrada de Jacarepaguá, 7725 – Freguesia), Cati (Rua Mamoré, 52 – Freguesia).


Hoje, não foram autuados: Lojas Americanas (Rua São Luiz Gonzaga, 392 – São Cristóvão), Café e Bar Moinho de Ouro (Rua Capitão Félix, 110 – Benfica), Casa & Vídeo (Rua São Luiz Gonzaga, 384 – São Cristóvão), Instituto Nacional Elyon (Av. Ministro Ary Franco, 686 – Bangu), Saara Produtos Naturais (Av. Ministro Ary Franco, 160 –Bangu).


Balanço da Fiscalização 09/08:


1 - Bradesco (Estrada de Jacarepaguá, 7850 – Freguesia): Ausência de certificado do Corpo de Bombeiros. Autenticação de boletos feita em documento apartado. Ausência de cartaz do Livro de Reclamações. Ausência de caixa eletrônico adaptado.
 

2 – Itaú (Estrada de Jacarepaguá, 7783 – Freguesia): Ausência de caixa eletrônico adaptado. Autenticação de boletos feita em documento apartado.


3 – Itaú (Rua Tirol, 7 – Freguesia): Ausência de caixa eletrônico adaptado. Autenticação de boletos feita em documento apartado. Tempo de espera para atendimento superior ao permitido por lei.


4 – Caixa Econômica Federal (Estrada de Jacarepaguá, 7845 – Freguesia): Fila para distribuição de senhas em tempo superior ao limite da espera para atendimento, sem preferência para idoso. Autenticação de boletos feita em documento apartado. Ausência da Lei Municipal 5254/11 afixada.


5 – Casa Ribeiro (Av. Suburbana, 7132 – Abolição): Livro de Reclamações não autenticado. Ausência de preço visível em produtos expostos a venda. Ausência de certificado do Corpo de Bombeiros.


6 – Cisne Branco (Estrada de Jacarepaguá, 7836 – Freguesia): Ausência de preço visível em produtos expostos a venda. Ausência de proteção de acrílico nos pães.


7 – Drogarias Max (Av. Dom Helder Câmara, 7331 – Abolição): Ausência de preço visível em produtos expostos a venda. Ausência da Revista de Preço Médio ao Consumidor atual. Ausência de certidão de regularidade atual.


8 – Estação Bazar (Av. Dom Helder Câmara, 7332 – Abolição): Ausência de Livro de Reclamações. Ausência do Cartaz com telefone e endereço do Procon.


9 – Iguassu Borrachas (Av. Dom Helder Câmara, 7154 – Abolição): Ausência de Livro de Reclamações. Ausência de preço visível em produtos expostos a venda.


10 – Ortobom (Av. Dom Helder Câmara, 7328 – Abolição): Ausência do Alvará de funcionamento. Ausência de preço visível em produtos expostos a venda. Ausência do Cartaz com telefone e endereço do Procon.


11 – Rei dos Quadros (Av. Dom Helder Câmara, 7142 – Abolição): Livro de Reclamações não autenticado.


12 – Super Tuning (Av. Dom Helder Câmara, 7137 – Abolição): Ausência do Alvará de funcionamento. Ausência de preço visível em produtos expostos a venda. Ausência de certificado do Corpo de Bombeiros. Ausência de Livro de Reclamações.


Balanço da Fiscalização 10/08:


1 – Banco Bradesco (Rua Capitão Félix, 111 – Benfica): Autenticação de boletos feita em documento apartado.


2 – CRED – Lar Móveis (Av. Ministro Ary Franco, 217 – Bangu): Ausência de certificado do Corpo de Bombeiros. Ausência de Livro de Reclamações. Ausência do Cartaz com telefone e endereço do Procon. Ausência do Código de Defesa do Consumidor. Ausência de preço visível em produtos expostos a venda.


3 – Dream House (Rua São Luiz Gonzaga, 372 – São Cristóvão): Ausência do Cartaz com telefone e endereço do Procon. Ausência de preço visível em produtos expostos a venda. Ausência de certificado do Corpo de Bombeiros. Ausência de Livro de Reclamações.


4 – Pacheco (Av. Ministro Ary Franco, 131 – Bangu): Ausência de preço visível em produtos expostos a venda. Ausência da Revista de Preço Médio ao Consumidor atual. Ausência de certidão de regularidade atual.


5 – Hortifruti Rede Varejão (Av. Ministro Ary Franco, 211 – Bangu): Ausência do cartaz com telefone e endereço do Procon. Ausência de Livro de Reclamações. Ausência de preço visível em produtos expostos a venda. Apenas uma balança de precisão disponível ao consumidor.


6 – Ideal Móveis (Av. Ministro Ary Franco, 251 – Bangu): Ausência de cartaz do Livro de Reclamações. Ausência de preço visível em produtos expostos a venda. Fonte do preço da parcela maior que a fonte do preço à vista.


7 – Invicta Biju (Rua São Luiz Gonzaga, 392 – São Cristóvão): Ausência do cartaz com telefone e endereço do Procon. Ausência de Livro de Reclamações. Ausência do Alvará de funcionamento. Ausência de certificado do Corpo de Bombeiros.


8 – Itaú (Rua Capitão Félix, 179 – Benfica): Ausência de caixa eletrônico adaptado. Autenticação de boletos feita em documento apartado.


9 – La Parrilla del Mercado (Rua Capitão Félix, 111 – Benfica): Presença de botijões de gás, um em uso e outro estocado. Saída de gás interditada. Ausência de tela de proteção na área de preparo e janela do segundo andar. Área de preparo com azulejo da parede quebrado.


10 – Lojas Nalim (Av. Ministro Ary Franco, 261 – Bangu): Ausência do cartaz com telefone e endereço do Procon. Ausência de Livro de Reclamações.


11 – Ortobom (Av. Ministro Ary Franco, 204 – Bangu): Ausência de Livro de Reclamações. Ausência do Alvará de funcionamento. Ausência de certificado do Corpo de Bombeiros. Ausência de preço visível em produtos expostos a venda.


12 – Óticas Carol (Rua São Luiz Gonzaga, 410 – São Cristóvão): Livro de Reclamações não autenticado. Ausência de preço visível em produtos expostos a venda. Ausência de certificado do Corpo de Bombeiros.


13 – Pague Menos (Av. Ministro Ary Franco, 230 – Bangu): Ausência da Revista de Preço Médio ao Consumidor atual. Ausência de preço visível em produtos expostos a venda.


14 – Vezzo Móveis (Av. Ministro Ary Franco, 194 – Bangu): Ausência de certificado do Corpo de Bombeiros.


15 – Yes (Rua São Luiz Gonzaga, 461 – São Cristóvão): Ausência de certificado do Corpo de Bombeiros. O estabelecimento cobra taxa de transferência, de segunda chamada, de declarações em geral e de diploma.


 




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

___________________   Participe das redes sociais    _____________________