Imprensa RJ

Notícias

Corpo de bombeiros

Dia do Bombeiro: Grupamento do Méier ganha prêmio

 04/07/2018 - 08:50h - Atualizado em 04/07/2018 - 08:51h
 » Julia de Brito

Capitão Igor Calixto participou do salvamento da Linha Amarela, em 2014


 Orgulho é a palavra que define o sentimento do capitão Igor Calixto, um dos bombeiros que participou do salvamento da tragédia na Linha Amarela, em 2014. O militar, que está na corporação desde 2010, trabalhou com afinco junto com seus colegas no acidente ocorrido em uma das mais importantes vias expressas da cidade carioca.

 

Na ocasião, a passarela de pedestres veio abaixo após um caminhão, que trafegava com a caçamba levantada, chocar-se contra a estrutura de concreto. A dedicação na prestação de socorro às vítimas do acidente rendeu ao seu grupamento, localizado no Méier, na Zona Norte, a primeira colocação no concurso internacional Conrad Dietrich Magirus Award.

 

Gratificante

 

– A profissão de Bombeiro Militar é gratificante, porque atuamos em situações de necessidade. O trabalho com o público tem seus desafios, e a atuação quando se salva vidas apresenta desafios maiores. Isso torna a profissão gratificante. Nenhum incêndio é igual a outro, nenhum salvamento é igual a outro e isso traz responsabilidade. Devemos sempre nos manter atualizados e nos prepararmos fisicamente, tecnicamente e emocionalmente para atender às demandas – explicou o capitão Igor Calixto.

 




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

___________________   Participe das redes sociais    _____________________