Imprensa RJ

Notícias

Segurança

Agentes do Bope passam a atuar também de motos no combate ao crime

 04/01/2012 - 10:01h - Atualizado em 04/01/2012 - 10:07h
 » Priscilla Souza

Previsão é que novas motocicletas comecem a ser usadas esta semana


Além das tradicionais viaturas e dos veículos blindados, o Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (Bope) também vai atuar sobre duas rodas.Seis novas motos foram adquiridas pela Secretaria de Segurança e passam a integrar a frota do batalhão para serem utilizadas em comunidades pacificadas e no combate ao crime. Os equipamentos devem começar a ser usados ainda esta semana na comunidade da Rocinha, ocupada desde novembro passado pelo Bope e escolhida para a estreia.


Cinquenta policiais participaram de um treinamento prático e teórico para aprender a se movimentar por vielas e comunidades usando motos e armas. Depois disso, os PMs foram submetidos a uma avaliação.A aprovação foi total. As motos de 660 cilindradas foram pintadas de preto – cor símbolo da tropa – e ganharam adesivos com a bandeira do Estado do Rio de Janeiro. Até então, apenas o Batalhão de Choque (BPChoque) dispunha de motocicletas.


Motos facilitam acesso a vielas


O soldado Fábio Alessandro, de 29 anos, foi motociclista do BPChoque.Há dois meses, ele passou a integrar o efetivo

 

do Bope e será um dos policiais que vão atuar de motocicletas na Rocinha. Experiente no uso do equipamento, o soldado afirma que, além de dar visibilidade, as motocicletas vão facilitar o trabalho da polícia.


– Nem sempre asdas comunidades são acessíveis aos carros. Desembarcar e seguir a pé demanda tempo. As motocicletas vão dar agilidade ao trabalho dos policiais, que poderão chegar a esses locais mais rápido – disse o soldado.




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

___________________   Participe das redes sociais    _____________________