Imprensa RJ

Notícias

Saúde

Saúde realiza campanha de prevenção a hepatites na Baixada

 28/07/2011 - 10:48h - Atualizado em 28/07/2011 - 16:08h
 » Por Guedes de Freitas

Equipe da secretaria vacina e faz testes para a doença em São João de Meriti


Melhor prevenir que remediar. O ditado tem tudo a ver com a campanha da Secretaria de Saúde de vacinação, testagem de hepatite B e C e aconselhamento pré e pós-exame que se desenvolve no Grande Rio desde o dia 20, através de várias ações, e termina nesta quinta-feira (28/7), Dia Mundial de Luta contra Hepatites Virais. O alagoano José Miguel Irmão de Sousa, 68 anos, há 31 anos morando em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, seguiu o dito popular para não correr o risco de contaminação.


Sousa foi uma das centenas de pessoas que procuraram o Centro de Saúde Dr. Aníbal Viriato Azevedo, que fica perto da Praça dos Três Poderes, no bairro de Vilar dos Teles, em São João de Meriti, na manhã desta quinta-feira. Ali, uma equipe da Secretaria de Saúde realizou, das 10h às 15h, as três ações da campanha de prevenção às hepatites virais. Sousa foi um dos que fizeram o teste, mas ele acredita que o resultado será negativo.


- Tenho fé no Todo Poderoso de que não tenho hepatite, mas é bom se prevenir. E evitar muitas coisas, tomar todos os cuidados para não pegar a doença - se preocupou o serralheiro.


A coordenadora geral do Programa de Hepatites Virais da Secretaria de Saúde, Clarice Gdalevici, disse que a maior concentração de casos de hepatites do Estado do Rio nos municípios da Baixada pesou na decisão de escolher São João de Meriti para sediar o evento final da campanha.


- Temos um número muito pequeno em relação à realidade de casos de hepatite conhecidos, não só no Estado do Rio, mas no Brasil como um todo. A gente estima um número de quatro milhões de portadores de hepatite e somente 10 mil tratamentos feitos. É um número muito pequeno diante da magnitude da epidemia. Queremos, portanto, facilitar o diagnóstico precoce e adequar a rede de assistência ao aumento desse número que certamente haverá com a realização dos testes - explicou a coordenadora.


Próximo à Lona Cultural Serginho Meriti, na Praça dos Três Poderes, na Avenida Presidente Lincoln 889, parte da equipe da Secretaria de Saúde montou um estande para distribuição de material educativo e encaminhamento ao posto de saúde de pessoas para vacinação e testagem de hepatite B e C. A dona de casa, Joselaine da Silva Moreira, 17 anos, foi a primeira a se vacinar contra hepatite B. Mãe de duas crianças, ela alegou que não quer se infectar do vírus da doença e ainda correr o risco de contagiar seus filhos. A equipe vacinou mais 22 pessoas ao longo do dia e fez testes em outras 60, além de marcar testes em mais 300 para os próximos dias.


Hoje também houve vacinação contra hepatite B em cerca de 1.300 profissionais da Fiocruz, em Manguinhos, na Zona Norte do Rio, e uma ação especial da Secretaria de Saúde no Instituto de Assistência aos Servidores do Rio de Janeiro (Iaserj), que fica na Avenida Henrique Valadares 107, centro, entre 8h e 16h, quando foram feitos vacinação e testagem para hepatite B com foco na população LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros) do Rio de Janeiro. A doença tem alto poder de contaminação sexual, chegando a ser 100 vezes mais contagiosa do que o HIV.


Na semana passada, em um estande montado no Pavilhão 3 do Riocentro em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio, durante o XX Congresso Internacional de Odontologia, com mais de 10 mil participantes, a Secretaria de Saúde vacinou contra hepatite B mais de 500 pessoas nos três dias do evento. E, no dia seguinte, realizou, em um hotel do Flamengo, Zona Sul, uma palestra sobre Prevenção da Transmissão Vertical (sífilis, hepatite e HIV) durante a gravidez com o objetivo de divulgar junto aos representantes das secretarias municipais de Saúde do estado um programa de triagem pré-natal.
 


  • Fotos

  • Joselaine da Silva Moreira, dona de casa

    6 fotos | Saúde | 28/07/2011

    Campanha de vacinação e prevenção contra hepatite



Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

_____________________   Participe das redes sociais   _____________________