Imprensa RJ

Quando o Rio reage, O Brasil reage


Conheça as ações que estão recuperando a nossa economia


 O primeiro passo para acertar a resposta é fazer a pergunta certa.

 

O QUE É REGIME DE RECUPERAÇÃO FISCAL E POR QUE É NECESSÁRIO?

 

O Regime de Recuperação Fiscal (RRF) garante a suspensão das dívidas do Estado do Rio por três anos e garante a regularização do pagamento dos salários dos servidores ativos, inativos e pensionistas.


O Estado do Rio de Janeiro foi o articulador do RRF e o pioneiro na adesão. Ao ser afetado pela depressão econômica nacional e queda nos preços do petróleo, o Estado concentrou todos os esforços para garantir o reequilíbrio fiscal e, agora, aguarda a homologação.


A maioria dos estados do Brasil está, em menor ou maior grau, em dificuldade financeira. Garantindo a recuperação das suas finanças, o Governo do Rio abre um caminho para ser percorrido por outros estados.

 

QUEM GANHA COM O REGIME DE RECUPERAÇÃO FISCAL?

 

Toda a sociedade. Com os salários pagos em dia e com previsibilidade, os servidores poderão prestar melhores serviços à população, além de injetar recursos na economia, com consumo de bens e serviços.


Quando o Estado cresce, há efeitos positivos sobre os índices de emprego, Produto Interno Bruto (PIB), indústria e comércio em âmbito regional e nacional.

 

O ESTADO DO RIO ESTÁ FALIDO?

 

Não. O Estado do Rio de Janeiro é a segunda maior economia brasileira, com forte e potente mercado consumidor e riquezas naturais que incluem uma significativa reserva de óleo e gás, além de diversificado setor produtivo. O Regime de Recuperação Fiscal (RRF), a recuperação da economia brasileira e as iniciativas estaduais para o desenvolvimento vão garantir a reação e o retorno do crescimento econômico do Rio, beneficiando toda a população.

 

COMO VAMOS VENCER ESSE DESAFIO?

 

• O Governo do Rio está fazendo a sua parte para garantir o sucesso das novas rodadas de licitação das áreas de exploração e produção de petróleo, além do retorno dos campos maduros, que vão gerar milhares de empregos;
• A indústria naval vai refletir a retomada dos investimentos; • O segmento automotivo está reagindo, com perspectiva de aumento de empregos e do nível de atividade; • As indústrias de alimentos e bebidas vão responder positivamente ao reequilíbrio fiscal e ao incremento do consumo;
• Obras de saneamento vão universalizar o abastecimento de água na Baixada Fluminense;
• Há mais de 130 projetos de implantação e ampliação de empresas em análise; 
• As micro e pequenas empresas vão ser beneficiárias de estímulos específicos, sobretudo por meio da Agerio;
• A economia da cultura, o turismo e empreendedorismo vão avançar em todas as áreas;
• No interior, a agricultura e os polos regionais vão trazer de volta oportunidades de trabalho.
 

O Estado do Rio de Janeiro retomou sua capacidade de prover ações na área de Desenvolvimento Econômico. A reação já começou.




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

___________________   Participe das redes sociais    _____________________