Imprensa RJ

Notícias

Ambiente

Embargada construção de estrada em APA Silva Jardim

 01/03/2011 - 14:01h - Atualizado em 01/03/2011 - 14:01h
 » Ascom da Secretaria do Ambiente


28/2/2011 - 18h55
 

 

Em blitz ecológica realizada nesta segunda-feira (28/2) no município de Silva Jardim, na Região Serrana do Rio, a Secretaria do Ambiente embargou a construção de uma estrada na Área de Proteção Ambiental (APA) da Bacia do Rio São João – Mico Leão Dourado. Uma retroescavadeira e um trator de esteira D4 foram apreendidos e transportados para a Reserva Biológica Poço das Antas, onde ficarão acautelados. Ninguém foi preso.

 

Promovida pela Cicca (Coordenadoria Integrada de Combate aos Crimes Ambientais; da Secretaria do Ambiente) para reprimir desmatamentos em áreas protegidas da região, a ação teve apoio do administrador da APA, Rogério Oliveira Souza (do Instituto Chico Mendes), e de fiscais do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e do Batalhão de Polícia Florestal da PM.

 

A empresa responsável pela obra – Logística Comercial Oito Irmãos LTDA – foi multada em R$ 200 mil e responderá por crime ambiental, por infringir os artigos 66 e 93 do Decreto 6514/2008(Legislação Ambiental): “Construir estrada, desmatando Mata Atlântica e represando curso d’água em Unidade de Conservação sem autorização ou licença dos órgãos competentes”.

 

Ao chegar ao local, a equipe encontrou tratores, motosserras e um desmatamento criminoso para a abertura de uma estrada com mais de dois quilômetros de extensão em área de floresta densa, que concentra árvores de grande porte de Mata Atlântica e importantes mananciais de água, como o Rio São João, principal fonte de abastecimento da população da região. Segundo a polícia, a obra começou no sábado passado. Nesta segunda-feira, foi embargada.

 

O chefe da Cicca, José Maurício Padrone, afirmou que a equipe de fiscalização chegou aos criminosos a partir de denúncia anônima. As obras da estrada estavam sendo realizadas em área de difícil acesso, no topo de um morro, de onde os desmatadores tinham visão privilegiada de quem eventualmente tentasse chegar ao local.

 

- Chegamos a tempo de evitar que um estrago maior e irreversível ocorresse. Por isso, a Secretaria de Estado do Ambiente convoca a sociedade a colaborar, denunciando situações como essa - afirmou Padrone.

 

A APA da Bacia do Rio São João Mico Leão Dourado foi criada em 2002 para proteger e preservar mananciais, regular o uso dos recursos hídricos e o parcelamento do solo, a fim de garantir o uso racional dos recursos naturais e proteger remanescentes de Mata Atlântica.




Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

_____________________   Participe das redes sociais   _____________________