Imprensa RJ

Prata da Casa seleciona 18 talentos em todo o estado


Mais de 3.300 servidores se inscreveram para participar do programa


Dezoito profissionais do Governo do Rio passarão a compor, a partir de hoje, o banco de talentos da primeira edição do Prata da Casa – programa idealizado pelo governador Luiz Fernando Pezão para valorizar os servidores efetivos do Estado.

Nos últimos quatro meses, esse grupo experimentou um rigoroso processo seletivo contemplado por análise de títulos e experiência profissional, provas objetivas de lógica e de interpretação de texto, além de avaliações comportamentais, incluindo dinâmicas de grupo.

Os “Pratas” são acompanhados pelos próximos 18 meses – tempo de atividade do banco de talentos – pela Unidade de Gente e Resultados da Casa Civil e poderão participar de ações motivacionais e de desenvolvimento. O objetivo do banco será dar visibilidade aos talentos para que possam ocupar posições críticas e estratégicas dentro do governo.

- É uma tremenda satisfação constatar o sucesso do programa. Tivemos 3,3 mil servidores inscritos, uma procura surpreendente, e que reforça nosso desejo de apostar em boas práticas de reconhecimento e desenvolvimento de talentos - destacou Pezão.

O governador acompanhou as três etapas de seleção.

- Fiz questão de observar os bastidores. Tivemos aprovados não somente da capital. Há “Pratas” de Macaé, Paraíba do Sul, Resende, Bom Jesus de Itabapoana e isso me deixa muito feliz. Quero agradecer imensamente a todos os participantes e reafirmar o meu compromisso de fortalecer o servidor. As funções de governador, secretário, subsecretário e tantas outras são transitórias na administração pública. O funcionário efetivo está aqui e veio para ficar e contribuir para o desenvolvimento do estado. Toda e qualquer forma de valorização do servidor público tem prioridade na minha gestão. Só acredito em um Estado forte quando há valorização do servidor - complementou Pezão.

Cada um dos selecionados receberá um prêmio único no valor de R$ 3 mil.

- Estimamos, inicialmente, que até 40 servidores comporiam esse banco de talentos. O processo foi bastante rigoroso. Mas como o próprio governador destaca, todos os participantes são vitoriosos. Principalmente porque tiveram coragem de sair das suas zonas de conforto para participarem desse difícil processo - reconheceu a líder do Prata da Casa, Sabina Augras.

Mais de 1,1 mil servidores participaram da prova objetiva

Ao todo, 1.180 servidores realizaram a prova objetiva (lógica e interpretação de texto); 110 chegaram às avaliações comportamentais, que incluíram as dinâmicas de grupo. Neste estágio, as bancas eram formadas por cinco profissionais: três da coordenação do programa, um representante do governo e um executivo da iniciativa privada.

- O processo seletivo levou em consideração aspectos sobre a formação, experiência e competências específicas dos candidatos. O rigor desta primeira edição está diretamente atrelado ao foco da identificação de pessoas com perfis diferenciados, como liderança e orientação para resultados - explicou a subsecretária da Casa Civil, Laura Fuks.

O programa foi criado por intermédio de um decreto do governador publicado em junho no Diário Oficial . A primeira edição do Prata da Casa teve dois pré-requisitos: somente poderiam participar servidores efetivos e com curso superior completo. A partir de hoje, todos os 18 aprovados receberão uma carta de boas-vindas enviada pelo governador.


Os “Pratas”

 

  • André Schimidt da Silva - Secretaria de Saúde
     
  • Luis Clovis Lima Viana - Secretaria de Cultura
     
  • Alexandre dos Santos Monteiro - Fundação de Apoio à Escola Técnica
     
  • Luciana Pereira Leis - Sec. de Desenvolvimento Econômico
     
  • Raphael Pereira dos Santos - Secretaria de Educação
     
  • Andrea Riechert Senko - Secretaria de Planejamento e Gestão
     
  • Diego Pires Bandeira da Costa - Polícia Militar
     
  • Leandro Galheigo Damaceno -Casa Civil
     
  • Flávio Henrique Moraes Oses -Secretaria de Fazenda
     
  • Alex de Almeida Borges - Secretaria de Defesa Civil
     
  • Reginaldo Ramos - Secretaria de Obras/Cedae
     
  • André Luiz Felisberto França - Instituto Estadual do Ambiente
     
  • Leandro Santos das Chagas -Detran
     
  • Joan Frederick Baudet França -Casa Civil
     
  • Marcio Martins Rocha Ramos - Rioprevidência
     
  • Luiz Fernando Jardim Bento - Cecierj
     
  • Isabella Giesta Carriço Vital - Secretaria de Obras - (Cedida à Secretaria de Saúde)
     
  • José Pereira de Assis Netto - Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro
     



Encontre em um mesmo espaço serviços públicos facilitando a vida do cidadão e do empresário.

Diário Oficial

  

 

___________________   Participe das redes sociais    _____________________